ÔNIBUS

Reunião define os pontos divergentes entre Prefeitura e empresários de ônibus

Dois consórcios de transporte urbano, o Consórcio Poty, que atua na zona Norte de Teresina, e o consórcio Urbanus, que atua na zona Leste, aceitaram a proposta


Ônibus Teresina

Ônibus Teresina Foto: Foto: Divulgação/Strans

O superintendente municipal de Transporte e Trânsito (Strans), major Cláudio Pessoa, reuniu-se nesta segunda-feira, 13, com o prefeito Dr. Pessoa (MDB) e a comissão que está à frente para resolver a crise em que vive o transporte público de Teresina. Na reunião, foram apresentadas as empresas que concordaram com as propostas da prefeitura para o retorno das atividades dos ônibus e aquelas que rejeitaram.

Dois consórcios de transporte urbano, o Consórcio Poty, que atua na zona Norte de Teresina, e o consórcio Urbanus, que atua na zona Leste, aceitaram a proposta. Enquanto isso, os dois consórcios, Transcol , que atende a zona Sul, e o Teresina, na zona Sudeste, não aceitaram as propostas do prefeito Dr. Pessoa (MDB) para a retomada da circulação.

Em entrevista para a TV Clube, o superintendente informou que as propostas chegaram ao órgão, nesta manhã, e logo depois de analisadas pela Strans, foram levadas para o prefeito e comissão. A expectativa é de que ainda nesta semana, todos os pontos que ainda estão indefinidos pelas partes cheguem a um acordo.

Próxima notícia

Dê sua opinião: