ÔNIBUS

Motoristas discutem nova proposta e greve pode encerrar nesta quarta (24)

A discussão será na sede do sindicato, com o intuito de analisar a proposta de repasse da prefeitura de Teresina no valor de R$ 1,5 milhão para as empresas de ônibus


Ônibus Teresina

Ônibus Teresina Foto: Foto: Divulgação/Strans

Os servidores do transporte coletivo de Teresina realizarão uma assembleia entre a categoria nesta quarta-feira (24), para definir os rumos da greve dos motoristas e cobradores de ônibus da capital, que completa 16 dias.  Caso haja, acordo a greve pode se encerrar amanhã.  

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviários do Piauí (SINTETRO), Ajuri Dias, informou que a discussão será na sede do sindicato, com o intuito de analisar a proposta de repasse da prefeitura de Teresina no valor de R$ 1,5 milhão para as empresas de ônibus, como parte do subsídio para esses trabalhadores. “A greve continua e a gente tem uma assembleia amanhã às 9 horas para avaliar a proposta.  Vamos conversar o que a gente vai definir daqui para frente diante da proposta da prefeitura de Teresina”, disse. 

A proposta foi apresentada durante a audiência pública sobre a crise no transporte municipal realizada nesta terça-feira (23), na Câmara Municipal de Teresina. De acordo com o vereador Dudu Borges (PT), que presidiu a sessão, além da proposta, foi levantado o ponto sobre  o reescalonamento dos horários das atividades econômicas para não superlotar os horários de pique. 

“Vários encaminhamentos importantes foram feitos hoje. Queremos encontrar uma solução para os trabalhadores e para o povo. Queremos chegar em um acordo que privilegie quem realmente precisa”, afirma o vereador. 

Próxima notícia

Dê sua opinião: