COVID-19

Isolamento social continua baixo e fica em 47,4% na terça (12)

Mesmo com um leve crescimento, os percentuais seguem muito abaixo do mínimo estimado pelas autoridades de saúde para diminuir o contágio


isolamento Social

isolamento Social Foto:

A taxa de isolamento social em Teresina nesta terça-feira (12) foi de 47,4%, segundo levantamento feito pela startup recifense InLoco através do monitoramento de 217 mil smarthphones. O dado representa um aumento de apenas 0,8% no índice do dia anterior. Em comparação com a terça-feira passada, que registrou 45,2%, a diferença entre os índices é de 2,2%.

Mesmo com um leve crescimento, os percentuais seguem muito abaixo do mínimo estimado pelas autoridades de saúde para diminuir o contágio, que é de 73%. Em decorrência da diminuição distanciamento social, o número de casos do novo Coronavírus na capital teve um aumento de 104,49% em dez dias. Os dados da Fundação Municipal de Saúde (FMS) e da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi) apontam que o total passou de 458, dia 02 de maio, para 937, no dia 12 de maio.

Segundo informações do monitoramento, alguns bairros de Teresina apresentaram maiores taxas de isolamento na terça-feira (12). O bairro Pedra Miúda lidera este ranking com percentual de 56,43%. Em seguida, no bairro Ininga, 56,13% das pessoas ficaram em casa. Na contramão disso e descumprindo todas as recomendações de isolamento social, os bairros Flor do Campo e Santo Antônio tiveram os piores índices, com percentuais de 37,67% e 38,45%, respectivamente.

Ampliando as ações de monitoramento do índice de isolamento social, a Prefeitura de Teresina também está reunindo dados gerados pelas operadoras de telefonia celular, que disponibilizam informações de mais de 1 milhão de telefones. Segundo os números fornecidos pelas empresas, 51,1% não saíram de casa nesta terça-feira.

“Percebemos um leve aumento no índice de isolamento, mas é preciso que mais pessoas tomem a consciência da importância que é ficar em casa para evitar a proliferação do vírus. O afrouxamento do distanciamento social em toda a cidade reflete diretamente no aumento do número de casos, como aponta o resultado de nossas pesquisas”, destacou o prefeito Firmino Filho.

Fonte: CCOM

Próxima notícia

Dê sua opinião: