REVOLTANTE

Bolsonarista comemora tentativa de enforcamento de criança que disse "Lula lá"

Postagem do militante de extrema direita que trabalha em instituição financeira revoltou a internet


Rafão e  as marcas da agressão

Rafão e as marcas da agressão Foto: Reprodução/Brasil 247

247 - O bolsonarista Rafael Salles, que se apresenta no Facebook como Rafão, está usando a rede social para propagar discurso de ódio. Uma publicação dele sobre a criança de sete anos que sofreu tentativa de enforcamento por parte de um policial militar da reserva está provocando revolta e repulsa na internet.

"Deveria ter logo matado assim um animal a menor no mundo" (sic), disse, num português que revela que seu grau de afalbetização é inversamente proporcional ao de seu ódio.

Rafão mora em São Caetano do Sul, Grande São Paulo, e diz trabalhar no Consórcio Unifisa. Resta saber se a instituição financeira aprova manifestações desse tipo por parte de um colaborador.

O homem, conforme a denúncia, teria enforcado o menino até desmaiar depois de ele brincar e dizer, ao ser questionado, “Lula lá”, referindo-se ao presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O caso aconteceu no último domingo (30/10), em Divinópolis, Minas Gerais, e começou a repercutir na última  quinta-feira (3/11), após a mãe, Reisla Naiara Gomes, usar as redes sociais para desabafar.

Desde o ocorrido, ela relata que nenhuma medida foi adotada contra o suposto agressor. “Ele continua andando por aí normalmente. Quero justiça”, declarou Reisla.

“Ele não quer sair de casa, acorda a noite chorando”, disse sobre o estado psicológico da criança.

Fonte: Brasil 247

Próxima notícia

Dê sua opinião: