Projeto

Orgulho de ter participado da proposta de criação do Parque Serra das Confusões

Ação visou proteger área com potencial de preservação ambiental


Parque Nacional Serra das Confusões

Parque Nacional Serra das Confusões Foto:

O Parque Nacional Serra das Confusões,  tem aproximadamente 560.000 hectares e fica localizado na área geopolítica dos municípios de Cocal e Guaribas (Microrregião dos Altos Piauí e Canindé) e Santa Luz e Cristino Castro (Micro Região do Médio Gurguéia), no estado do Piauí. A serra das Confusões é uma das áreas mais belas do Brasil, com enorme potencial ecoturístico, científico e cultural, em razão de sua extraordinária diversidade de flora e fauna típicas; cavernas e sítios arqueológicos com inscrições e pinturas rupestres e monumentos naturais de rara beleza cênica. Foi observando este verdadeiro museu vivo ser ameaçado que se fez necessária a criação do Parque. O processo de desmatamento de imensas áreas devolutas da União para o extrativismo da madeira branca da caatinga arbórea já está bastante adiantado, podendo comprometer os recursos hídricos do Piauí, com a erosão e assoreamento. A caça predatória de animais silvestres é intensa, inclusive com a matança indiscriminada daqueles ameaçados de extinção, como o tatu-canastra, a onça pintada e o veado campeiro. A destruição dos sítios arqueológicos com pichações de vândalos e ação do cupim é avassaladora.

Em agosto de 1997 participei da equipe de expedição que elaborou a proposta de criação do Parque.

Assim, a diversidade ecológica da área da serra das Confusões, o habitat de espécies raras, a pouca intensidade de ação antrópica, área suficiente com ausência de usos conflitantes, monumentos naturais de rara beleza e gravuras rupestres impuseram-se como medidas para a criação do Parque, hoje, protegido.

Veja também

Próxima notícia

Dê sua opinião:

Sobre a coluna

Francisco Guedes

Francisco Guedes

Francisco Guedes é Engenheiro Agrônomo (UFPI), Mestre em Botânica (UFRPE) e especialista em desenvolvimento regional sustentável, em tecnologias para a agropecuária do semiárido e em direito administrativo. Membro da academia de Ciências do Piauí. Pesquisador da Embrapa. Atualmente Diretor-Geral do Emater-PI.

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Enquete

O STF deve afastar Deltran Dallagnol da chefia da Lava Jato?

ver resultado