Car Mais
CAR MAIS

Dez anos de Brasil

Confira as novidades do mundo automobilistico


Honda City

Honda City Foto: Divulgação

A Honda comemora em 2019 os dez anos de produção do City no Brasil. Para celebrar o marco, a fabricante japonesa lança um vídeo especial que conta os quase quarenta anos de história do City no mundo. 

O conteúdo apresenta os primeiros modelos lançados em 1981, ainda como hatchback, depois, mostra a primeira geração como sedã, em 1996, relembra o lançamento do modelo no Brasil, em 2009, e segue contando sua história até os dias atuais. 

Lançado no país em sua terceira geração como sedã, o City já teve mais de 240 mil unidades produzidas no Brasil. Em 2015, o modelo mudou de geração e, em 2018, recebeu uma profunda atualização no seu design e em equipamentos. O City 2020, vendido atualmente, está disponível em cinco versões: DX (manual), Personal, LX, EX e EXL (CVT). O modelo é equipado com o motor 1.5 i-VTEC FlexOne de até 116 cavalos.

Chevrolet Onix PlusMercado emergente


A Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) divulgou os resultados do décimo primeiro mês do ano. Nos dois segmentos sobre quatro rodas com o maior volume de vendas – carros e comerciais leves –, novembro teve 230.923 unidades emplacadas, representando um avanço de 17,29% ante o mesmo mês do ano passado e queda de 4,24% em comparação a outubro de 2019. 

No acumulado de janeiro a novembro deste ano, os dois segmentos somaram 2.406.984 unidades vendidas, um aumento de 7,21% sobre o mesmo período de 2018. No “Top Ten” dos modelos, o Chevrolet Onix – no último mês da geração antiga - completou quase cinco anos na liderança, com 19.184 emplacamentos, seguido pelo Ford Ka (8.968), pelo Fiat Argo, que não para sua escalada no ranking, com 8.270, e pelo Chevrolet Onix Plus, enfrentando com maestria a dura turbulência com um recall na estreia da nova geração e se consolidando no quarto lugar, com 8.092.

 Se forem acrescentadas as vendas do Prisma – antecessor do Onix Plus –, o sedã compacto soma 89.313 unidades comercializadas no ano, ficando atrás apenas do Onix (219.721), do Ka (95.411) e do HB20 (93.911). Seguem na lista o Hyundai HB20 (8.090), os Volkswagen Polo (7.168) e Gol (6.573), as Fiat Strada (6.412) e Toro (6.281) e o Volkswagen T-Cross (6.256). 

Entre as fabricantes, a General Motors ficou em primeiro em novembro, com 41.357 unidades vendidas e participação de mercado de 17,91%, à frente da Volkswagen (37.217 e 16,14%), da Fiat (32.657 e 14,14%), da Renault (21.275 e 9,21%), da Ford (19.232 e 8,33%), da Toyota (18.313 e 7,93%), da Hyundai (16.346 – a metade é do HB20 – e 7,08%), da Jeep (11.459 e 4,96%), da Honda (10.799 e 4,68%) e da Nissan (8.224 e 3,56%).

Fonte: Agência AutoMotrix

Próxima notícia

Dê sua opinião: