IMUNIZAÇÃO

Sesapi lança vacinômetro para acompanhar vacinação contra Covid-19 no Piauí

De acordo com a Sesapi, 13.113 pessoas já receberam a primeira dose da Coronavac na estado.


Painel vai mostrar em tempo real vacinação no estado

Painel vai mostrar em tempo real vacinação no estado Foto: Divulgação/Sesapi

A Secretaria de Estado da Saúde do Piauí  (Sesapi) informou nesta segunda (25) que disponibilizar o vacinômetro para acompanhar a evolução da campanha de vacinação contra a Covid-19. O objetivo é garantir a transparência dos dados relacionados ao enfrentamento da pandemia no Piauí.

De acordo com a Sesapi, 13.113 pessoas já receberam a primeira dose da Coronavac na estado. 

O Painel de Monitoramento da Vacinação contra a Covid-19 pode ser acessado através do site www.saude.pi.gov.br. A ferramenta apresenta a soma de doses registradas no sistema de informações, público-alvo das fases da campanha por município, porcentagem do público-alvo vacinado para a fase atual da campanha e gráficos com doses administradas diariamente e registradas, além de número acumulado de doses administradas. 

Os dados são atualizados a cada 15 minutos a partir da inserção de registros no sistema de informação da campanha pelos estabelecimentos de saúde. 

VEJA TAMBÉM:

Piauí registra 361 casos e oito óbitos pela Covid-19 em 24h

Voo com 15 pacientes de Manaus chega neste domingo (24) em Teresina

Também é possível consultar o quantitativo de doses registradas. De acordo com os primeiros registros, o vacinômetro indica que, até o momento, foram vacinadas 13.113 pessoas no Piauí. Do total, 12.840 doses foram recebidas por profissionais de saúde, 264 por idosos residentes em instituições de longa permanência e nove pessoas com deficiência institucionalizadas. 

De acordo com o secretário de saúde, Florentino Neto, a partir desta segunda-feira também começam a ser administradas as 24 mil doses da vacina Oxford/AstraZeneca. " Como a segunda dose da vacina deve ser aplicada no prazo de 12 semanas, vamos destinar todo o montante de doses recebidas para imunizar os profissionais de saúde", destaca o gestor.

Próxima notícia

Dê sua opinião: