EPI

Governo já distribuiu mais de três milhões de equipamentos de proteção individual

Todos os hospitais da Rede Estadual de Saúde são abastecidos semanalmente, de acordo com a necessidade de cada instituição


EPIs

EPIs Foto: Divulgação

Para garantir a segurança dos profissionais de saúde, que estão na linha de frente no combate à pandemia do novo coronavírus, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) já enviou 3.323.697 milhões de equipamentos de proteção individual.

Todos os hospitais da Rede Estadual de Saúde são abastecidos semanalmente, de acordo com a necessidade de cada instituição. “Queremos manter sempre a segurança dos nossos servidores, que estão nesta batalha. Para isso estamos fornecendo equipamentos de qualidade, certificados pelos órgãos de controle, para os nossos hospitais. Cada unidade de saúde recebe a quantidade de material necessária para a sua manutenção, pois sabemos que um hospital de retaguarda não tem o mesmo consumo de uma alta complexidade, mas todos estão sendo supridos de acordo com a sua demanda”, pontua o diretor administrativo da Sesapi, Igor Cruz.

Desde o início da pandemia da Covid-19 já foram entregues 54.387 álcool em gel 70%, 34.943 álcool etílico, 1.624.075 luvas de procedimentos, 812.780 máscaras cirúrgicas tripla, 58.833 máscaras N 95, 21.568 óculos de proteção, 146.700 propés, 47.933 protetor facial descartável, 403.610 toucas, 82.075 aventais impermeáveis e 36.793 aventais descartáveis. “Entregamos em média cerca de 20 mil EPIs por dia para os nossos hospitais, além de fazer o fornecimento para outros órgãos do estado. Estamos com dois pregões para adquirir novos equipamentos, essa modalidade de licitação foi escolhida para que a Sesapi possa atingir cada vez mais menores prelos, nas compras desses materiais”, lembra o diretor.

Além da Rede Estadual de Saúde, também recebem EPIs os profissionais dos hospitais municipais,  Corpo de Bombeiros, Secretaria de Justiça, Secretaria de Fazenda, Sasc, Detran, Polícia Civil e Polícia Militar. “A Sesapi está mantendo toda sua rede hospitalar suprida de equipamentos, para que nossos profissionais trabalhem com segurança. Nosso compromisso é manter protegidos todos aqueles, que estão no combate a esta pandemia no Piauí”, ressalta o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

Fonte: CCOM

Próxima notícia

Dê sua opinião: