TRAMA

VAZA-CIRO: "Conselheiro" sugere ao senador esquema para derrotar o PT em Esperantina

Novo áudio revela conversa sobre montagem de esquema com dinheiro para derrotar adversários no Norte do Estado


Ronaldo virou uma espécie de conselheiro de Ciro

Ronaldo virou uma espécie de conselheiro de Ciro Foto: Montagem do Piauí Hoje

Em novo áudio vazado nas redes sociais (ouça ao final do texto) contendo conversas entre o senador Ciro Nogueira (PP) e o policial civil e ex-prefeito Ronaldo Lages, revelam como o senador se articula para derrotar os adversários. Não há escrúpulos e as negociatas se dão mesmo em torno da compra de apoio com dinheiro vivo.

No meio de uma dessas conversas, Ciro e Ronaldo tratam das eleições em cidades do Norte do Estado, como Luzilândia e Esperantina, essa última governada hoje pela petista Vilma Amorim.

Ao tratar especificamente sobre as eleições para prefeito em Esperantina, Ronaldo sugere a Ciro Nogueira juntar todos para derrotar a candidata da prefeita. "Lá é a eleição mais difícil do mundo...vc sabe que lá o Themistocles (deputado Themistocles Filho, presidente da Assembleia) não se junta com a Vilma", diz o policial ao senador.

Ciro é um dos políticos mais investigados e denunciados no âmbito da Lava Jato. A Polícia Federal já esteve algumas vezes nas casas do senador em Brasília e em Teresina.

Já Ronaldo Lages, que aparece como "conselheiro" de Ciro, é policial civil que parece protegido por forças ocultas do Estado. Já foi condenado por vários crimes e continua em liberdade.

A última condenação de Ronaldo foi por ter matado uma bioquímica na Zona Leste de Teresina, quando dirigia embriagado. E o último escândalo em que esteve envolvido foi quando armou um golpe, recentemente, contra o prefeito de Nossa Senhora dos Remédios, Manoel Lázaro.


Próxima notícia

Dê sua opinião: