ELEIÇÕES 2020

Sem novas alianças para 2° turno, até o PSDB abandona tucanos de Teresina

Luciano Nunes também disse que não está prevista a visita de nenhum representante nacional do partido à capital piauiense


Kleber Montezuma

Kleber Montezuma Foto: Print do vídeo/Piauí Hoje

O presidente estadual do PSDB em Teresina, Luciano Nunes, disse que, até o momento, nenhum novo partido se manifestou para apoiar a candidatura de Kleber Montezuma (PSDB) à prefeitura de Teresina no segundo turno da eleição que acontece dia 29. Atualmente, a coligação da chapa tucana em Teresina é formada por PSDB / PP / PSL / AVANTE / PDT / DEM / PMB / PV / PODEMOS.

Luciano Nunes também disse que não está prevista a visita de nenhum representante nacional do partido à capital piauiense, apesar do PSDB possuir nomes expressivos nacionalmente como Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente da República, entre outros.

Na capital, o principal nome e que tem se dedicado com afinco à campanha de Kleber é o prefeito Firmino Filho. Vereadores da base de Firmino, eleitos e não eleitos em 2020, também acompanham o candidato nas reuniões, visitas e carreatas que ele tem feito desde o início da campanha.

Já o MDB, partido de Dr. Pessoa, primeiro colocado na votação, após o primeiro turno, recebeu o apoio público de vários partidos, a exemplo do PSC, PSD, PT, PCdoB, Solidariedade, alguns deles com votações expressivas.

Próxima notícia

Dê sua opinião: