PARNAÍBA

Bolsonaro passa em Parnaíba, provoca aglomeração e não deixa um centavo no Piauí

Bolsonaro chegou acompanhado dos ministros Onyx Lorenzoni, Tarciso Gomes de Freitas e comitiva de assessores e deputados do Ceará


Aglomeração em torno de Bolsonaro em Parnaíba

Aglomeração em torno de Bolsonaro em Parnaíba Foto: Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) desembarcou por volta das 10h50 desta sexta-feira (26) em Parnaíba, no Norte do Piauí e foi recebido pelo prefeito Mão Santa (DEM). O encontro aconteceu no aeroporto da cidade, quando o presidente fez escala para Tianguá (CE). 

A passagem de Bolsonaro por Parnaíba não estava na agenda oficial do Palácio do Planalto. 

Bolsonaro chegou acompanhado dos ministros Onyx Lorenzoni ( ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência), Tarciso Gomes de Freitas (Infraestrutura) e comitiva de assessores e deputado do Ceará.

Lorenzoni  postou vídeo em suas redes sociais durante a visita e destacou "chegando com o presidente @jairmessiasbolsonaro no aeroporto de Parnaíba, a caminho do Ceará, onde vamos retomar três obras. Uma delas, parada há 10 anos. Esse governo tem compromisso com o Brasil". 

Ao desembarcar, o presidente estava sem máscara e cumprimentou apoiadores que estavam no aeroporto. Ele causou aglomeração, não respeitou o distanciamento social e nenhuma outra regra sanitária. 

O prefeito Mão Santa apresentou reivindicações ao presidente como recursos para reabertura do hospital de campanha de Parnaíba e verba para obras de drenagens, já que a cidade sofre com os alagamentos durante o período de chuvas. 

O presidente pegou um helicóptero e seguiu para Tianguá. Na sua passagem pelo Piauí Bolsonaro não deixou nada além da possibilidade de ocorrerem novas infecções por coronavírus entre as pessoas que se aglomeraram no aeroporto de Pará para vê-lo.

No Ceará

Em Tianguá, conforme a agenda oficial do Palácio do Planalto, foram assinadas as autorizações para a retomada das obras na Travessia Urbana do município, localizada na BR-222. 

Também foram autorizados o início das obras dos novos traçados da rodovia Variantes na cidade de Umirim e no distrito de Frios, além da obra para a conclusão do viaduto que dá acesso à cidade de Horizonte, na BR-116.

Além da assinatura das ordens de serviço, houve visitas técnicas às obras de duplicação do Anel Viário de Fortaleza e do trecho da BR-222, que liga o município de Caucaia ao Porto de Pecém. 

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), emitiu nota e disse que não iria encontrar com o presidente Jair Bolsonaro por causa do risco de aglomeração em meio à crise sanitária com aumento de casos de Covid-19 no estado.  De fato houve aglomerações. 

Próxima notícia

Dê sua opinião: