Unânime, TRF1 inocenta Assis Carvalho em ação do MPE

Assis era acusado de improbidade quando foi secretário de Estado da Saúde


Deputado federal Assis Carvalho (PT-PI)

Deputado federal Assis Carvalho (PT-PI) Foto: Assessoria

Em decisão unânime, a Terceira Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, decidiu, na quarta-feira (29) pelo arquivamento da  Ação Civil Pública contra deputado federal Assis Carvalho (PT-PI), acusado de improbidade administrativa no período em que foi secretário de Estado da Saúde, no segundo governo de Wellington Dias (20065/2010).

O Ministério Público do Estado denunciou o ex-gestor por dispensa de licitação e consequente contratação irregular de empresas de fornecimento de mão-de-obra para os hospitais públicos. O TRF 1 seguiu o voto do desembargador federal Ney Bello que considerou Assis Carvalho inocente das ascusações do MPE.

O deputado Assis Carvalho recebeu com naturalidade a decisão do TRF1, afirmando que sempre acreditou na Justiça e que ela chegou agora, de forma uninânime, isto é, sem deixar qualquer dúvida de que não houve irregularidade no ato.    

Fonte: TRF1

Próxima notícia

Dê sua opinião: