COVID-19

Piauí é o primeiro do país a regulamentar buscar ativa com exames no combate à Covid-19

O governador Wellington Dias assinou, na última sexta-feira (8), um decreto que estabelece a instauração de equipes de saúde pública para realizarem […]


Coronavirus

Coronavirus Foto: Tatiana Fortes / Governo do Ceará

O governador Wellington Dias assinou, na última sexta-feira (8), um decreto que estabelece a instauração de equipes de saúde pública para realizarem a busca ativa de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus. A iniciativa prevê um trabalho conjunto entre Estado e municípios, utilizando-se das equipes do Projeto Saúde da Família no trabalho de campo. Desta forma, o Piauí se torna o primeiro estado da Federação a implementar esta nova modalidade de monitoramento da doença, já prevista e recomendada anteriormente pelo Comitê Científico do Nordeste.

“O Piauí continua na vanguarda e reagindo de forma exemplar à Covid-19. Fico muito emocionado e orgulhoso daquilo que o Governo do Estado e sua equipe de Saúde estão fazendo. Como cidadão brasileiro, parabenizo e agradeço a presteza e o esforço para pôr em prática todas as recomendações do comitê”, comemora o coordenador do Comitê Científico do Nordeste, Miguel Nicolelis.

O rastreamento de pessoas possivelmente contaminadas pelo novo coronavírus prevê a aplicação de testes para a Covid-19, afim de identificar pacientes positivados; cadastro de pacientes contaminados no banco de dados da plataforma Monitora Covid-19; acompanhamento de pacientes contaminados pelas equipes de saúde que constituirão o projeto de busca ativa.

Cada território de desenvolvimento contará com pelo menos uma equipe para mapeamento. A construção das mesmas deve ser sacramentada através de um termo de cooperação técnica firmada entre Estado e prefeituras. As equipes funcionarão seguindo o protocolo estabelecido no termo de cooperação, que, além do quadro de pessoal, definirá os procedimentos a serem executados no curso do trabalho.

“O desafio continua grande, mas palavras como estas, vindas daquele que é considerado um dos 20 mais importantes cientistas em saúde do planeta, recebo não para mim, mas para todos que compõem nossa equipe, a quem também parabenizo. Vamos seguir trabalhando com base científica, para proteger todos os piauienses”, pontua o governador.

Os equipamentos e insumos necessários para as atividades serão fornecidos pelo Governo do Estado, bem como, quando necessário, designar profissionais ligados a Secretará de Estado da Saúde (Sesapi) para compor a equipe.

A implementação desta nova modalidade de monitoramento complementa o trabalho já realizado através do aplicativo Monitora Covid, ferramenta de apoio ao combate à pandemia no Piauí, através do qual a Sesapi realiza o acompanhamento da situação de pessoas que estão com sintomas da doença, com identificação dos sintomas suspeitos, orientação para atendimento médico e indicação do posto de atendimento mais próximo.

A primeira análise dos dados do App em Teresina, aponta para a existência de 905 pessoas com alta suspeita de coronavírus.

Fonte: CCOM

Próxima notícia

Dê sua opinião: