RESPOSTA

Sindicato dos Médicos lança nota de repúdio contra vereador

Atitude do vereador foi considerada como violência e desrespeito contra o ofício médico


Nota de repúdio

Nota de repúdio Foto: Divulgação

O Sindicato dos Médicos do Estado do Piauí – SIMEPI expressa publicamente seu mais veemente repúdio à atitude desrespeitosa e ultrajante do Sr. Vereador Pedro Martins, do Município de Marcos Parente – PI, em face do médico Leonardo Correia Mauriz (CRM/PI 7218), durante o atendimento realizado no dia 17 de março de 2020, na Unidade Mista de Saúde Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Solidarizamo-nos com o profissional médico e ressaltamos que este tipo de conduta é inaceitável e será rechaçada de todas as formas possíveis.

A referida atitude constitui violência e desrespeito contra o ofício médico, exercido por profissionais que lutam diariamente para trazer mais qualidade de vida para a população, apesar de toda a precariedade da saúde pública, da falta de material e, principalmente, de condições dignas de trabalho que deveriam ser asseguradas por eles, políticos.

Como se sabe, o Senhor Vereador foi eleito para representar a população e lutar pelos serviços essenciais, dentre eles a saúde, e não pode se utilizar do cargo no intuito de achacar um médico no exercício da sua função.

É inadmissível a agressão sofrida, razão pela qual o Sindicato dos Médicos do Estado do Piauí ratifica que já está tomando todas as providências judiciais cabíveis para punir tal afronta, e não poupará esforços para que tal conduta seja vigorosamente repreendida.

Saúde se faz com dignidade!

Sindicato dos Médicos do Estado do Piauí - SIMEPI

Fonte: Leal Comunicação

Próxima notícia

Dê sua opinião: