PANDEMIA

Morre em Teresina o ex-deputado estadual Juraci Leite vítima do novo coronavírus

Ex-parlamentar estava internado há quase duas semanas no Hospital São Marcos


Ex-deputado Juraci Leite

Ex-deputado Juraci Leite Foto: Divulgação/Alepi

Internado há doze dias no Hospital São Marcos em Teresina, faleceu nesta segunda-feira (13) o ex-deputado estadual Juraci Leite (PSD), aos 88 anos, vítima do novo coronavírus. Ainda não há informações sobre velório ou enterro.

A esposa de Juraci, Jandira Leite, faleceu no mês passado, porém a causa da morte não foi divulgada.

Gerardo Juraci Campelo Leite é natural de Pedro II, região Norte do Estado. Formou-se em Odontologia pela Universidade Federal do Ceará, foi professor e político brasileiro que exerceu oito mandatos de deputado estadual pelo Piauí.

Juraci teve assento na Assembleia Legislativa pela última vez em 2010. Em 2014, ele desistiu da reeleição um mês antes do pleito estadual. Naquele ano ele foi homenageado pela Casa Legislativa como um dos parlamentares mais antigos.

Alepi decreto luto de 3 dias

A Assembleia Legislativa do Estado do Piauí, deputados e servidores, lamentam, com profundo pesar, o falecimento do ex-deputado estadual e ex-presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, Juraci Leite, ocorrido na tarde desta segunda-feira (13),no Hospital São Marcos, Teresina. Juraci tinha 88 anos e estava se tratando da Covid-19, mas não resistiu. Neste momento de pesar, a Assembleia Legislativa do Estado do Piauí se solidariza com a família e aos amigos de Juraci Leite, declarando luto oficial de três dias.

O presidente, Themístocles Filho (MDB), lembrou do forte laço de amizade e companheirismo que mantinha com Juraci Leite.  “Eu não hesitaria em qualificá-lo como um homem de bem”, afirmou. “A Assembleia Legislativa do Piauí se despede de um grande companheiro e manifesta à família e amigos as mais sinceras condolências”, acrescenta o presidente Themístocles.

Trajetória

Odontólogo, Gerardo Juraci Cameplo Leite conquistou oito mandatos de deputado estadual. Assumiu pela primeira vez em 1983, sendo deputado constituinte. Em 1985 foi eleito 1º secretário da Assembleia Legislativa do Piauí. Em 1993 assumiu a 1ª vice-presidência da Casa e no ano seguinte foi eleito pela quarta vez como deputado estadual.  Em 1995 foi eleito presidente da Assembleia Legislativa do Piauí por unanimidade. Foi em sua gestão que a Assembleia Legislativa junto com a Asalpi adquiriu a casa que viria a se transformar no prédio da Escola Cidadão-Cidadã.  Em 1996 assumiu o Governo do Estado durante 15 dias.

E em 1997 foi reeleito presidente entrando para História como do cenário político nacional como o primeiro presidente de Assembleia Legislativa a conseguir a reeleição.  Entre seus projetos mais conhecidos estão os da criação de seis municípios : Buriti dos Montes; Cabeceiras do Piauí; Juazeiro do Piauí; Assunção do Piauí; Milton Brandão e Lagoa de São Francisco.   Em 2014 Juraci Leite deixou a vida pública e não concorreu mais a uma vaga no legislativo sendo homenageado em dezembro do mesmo ano pela Assembleia como o deputado com maior número de mandatos atuante até então.   Natural de Pedro II, filho de Cipriano José Leite e Filomena Gomes Campelo Leite, Juraci Leite é casado com Jandira Lopes Campelo Leite, tem quatro filhos e sete netos.

O parlamentar é odontologo, forma­do pela faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Ceará (UFCE). Foi professor de Ciências Físicas e Biológicas do Colégio Zacarias de Góes (antigo Liceu), professor do Programa de Saúde da Escola Técnica Federal do Piauí (antigo Cefet) e professor titular de odontopediatria da Universidade Federal do Piauí (UFPI). Além disso, foi chefe do Departamento de Pato­logia e Clínica Odontológica da UFPI e dentista do antigo Ipase.

Perdas Políticas

Há oito dias, o Piauí perdia o deputado federal Assis Carvalho, entretanto o petista faleceu vítima de infarto após três paradas cardíacas. Já há seis dias, o Piauí perdeu o ex-senador Eloi Portella, aos 83 anos. Ele faleceu de morte natural.

No último 26 de dezembro de 2019, o Piauí se despedida do decano da Alepi, o ex-deputado estadual Fernando Monteiro, vítima de câncer hepático. 

Próxima notícia

Dê sua opinião: