Margarete defende o combate ao feminicídio no Piauí

Dia 27 de maio é o Dia Estadual de Combate ao Feminicídio


Dia Estadual de Combate ao Feminicídio

Dia Estadual de Combate ao Feminicídio Foto: Reprodução

A deputada federal Margarete Coelho (Progressistas-PI) defendeu a união do poder público e da sociedade para enfrentar a violência contra a mulher. Ex-vice-governadora do Piauí, Margarete Coelho lembrou que, quando exerceu interinamente o governo há um ano, sanciou a Lei 7.120, que reforçou a luta contra o feminicídio, contra a morte cruel de mulheres no Piauí.

"Precisamos lutar e resistir pela vida de todas as mulheres! Neste 27 de maio #DiaEstadualDeCombateAoFeminicídio unimos esforços junto ao poder público e à sociedade civil nesse enfrentamento da violência que afeta a mulher pela sua própria condição de existência. Propositora do Projeto de Lei, quando fui deputada estadual, há um ano sancionei, enquanto governadora em exercício, a Lei 7.120 em reforço à nossa luta contra a morte cruel de mulheres no Piauí", escreveu a deputada no Facebook.

O Piauí, lembrou a deputada, ainda é um estado com altos índices de feminicídio. "Somos um estado com altos índices de feminicídios no país, mas também temos desenvolvido políticas públicas em termos de segurança da mulher que se tornaram referência para o Brasil. Precisamos unificar agendas, organizar nossas pautas e garantir a política de enfrentamento contra a violência a nós, mulheres. É necessário que todos se comprometam com essa luta que exige uma transformação cultural. Do luto à luta e por todas!!  #JuntasSomosGigantes!  #NenhumaAMenos #VivasNosQueremos #Feminicídio #DeputadaMargarete", acrecentou. 

Fonte: Facebook

Próxima notícia

Dê sua opinião: