Líder diz que reforma visa equilibrar as contas do governo

“Vamos plantar em 2019 para colher em 2020", previu Francisco Limma


Líder do Governo, deputado estadual Francisco Limma (PT)

Líder do Governo, deputado estadual Francisco Limma (PT) Foto: PAULO PINCEL/PH

O líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Francisco Limma (PT), explicou que a reforma administrativa apresentada à base governista na noite dessa segunda-feira (11), no Palácio de Karnak,  é um plano de controle de despesas e gastos para promover o equilíbrio do estado.

“Vamos plantar em 2019 para colher em 2020. Estamos passando por uma instabilidade adicional. Ninguém arrisca a dizer o que vai acontecer com a economia, com a retomada do emprego no Brasil nos próximos seis meses”, advertiu o líder

O Piauí, segundo o deputado, não pode seguir o exemplo de outros estados que decretaria falência financeira e apresentaram demandas ao Congresso Nacional para a redução de salários.

"A ideia é melhorar a eficiência de alguns serviços. O estado tem R$ 700 milhões de convênios federais em conta e às vezes não consegue aplicar porque não conclui uma licitação que tem que passar por vários órgãos. O governador agora está construindo uma central de licitação, contratos e acompanhamento de convênios. Isso é parte da modernização", adiantou hoje (12) o deputado, em entrevista à TV Cidade Verde.  

Fonte: Paulo Pincel

Próxima notícia

Dê sua opinião: