Gleisi Hoffmann avisa: candidatura de Lula está mantida

Lula vence no primeiro turno se for candidato, afirma a presidente do PT


Gleisi Hoffman em entrevista coletiva na sede do PT em Teresina

Gleisi Hoffman em entrevista coletiva na sede do PT em Teresina Foto: Luiz Brandão

A presidente nacional do Partidos dos Trabalhadores, Gleisi Hoffmann, garantiu neste sábado (11), durante coletiva, na sede do PT, na zona Norte de Teresina, que o ex-presidente Lula vai participar da eleição, vai estar na televisão, de um jeito ou de outro.  E se for candidato, vence no primeiro turno.

"Até porque eles sacanearam achando que essa lei que eles fizeram sobre a regulação do tempo de TV, estipulando que 75% do tempo tem que ser com o candidato, eles acharam que fazendo isso iriam nos atrapalhar... 'ah! mas o candidato de vocês está preso'. O Lula vai falar. Lula vai estar no nosso programa de televisão, de um jeito ou de outro", avisou a presidente.

Gleisi almoçou em Teresina e participou, na tarde deste sábado (11), do ato  “A Juventude Quer Lula Livre Piauí”, em defesa da liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Lideranças de vários partidos foram cumprimentá-la, como o governador Wellington Dias, senadores Ciro Nogueira, Marcelo Castro e Regina Sousa, Osmar Junior, Merlong Solano, João de Deus e outras lideranças políticas.

Gleise Hoffmann acredita que se Lula participar da campanha e disputar as eleições, vence os adversários ainda no primeiro turno. A candidatura de Lula está mantida, avisa a senadora.

 Senadora Gleisi Hoffmann com lideranças políticas no PiauíSenadora Gleisi Hoffmann fala durante coletiva na sede do PT em Teresina    [Foto: Luiz Brandão]  

Indignação

A senadora elogiou o programa de governo do PT, que ela considera autoexplicável, de fácil entendimento pelo eleitor.E aposta na força do nome "Lula" para vencer as eleições.  Segundo Gleisi Hoffmann, foram mais de 20 milhões de empregos gerados nos governos Lula e Dilma Rousseff, quando também foram implementados os melhores programas de inclusão social da história do Brasil.

Gleisi encerrou a entrevistas falando da indignação de ver Lula preso. "Ontem eu estive com ele. Vocês não sabem a tristeza que é ver o Lula preso. É indisível. Eu às vezes fico muito brava, falou algumas coisas, indignada, mas eu só posso fazer isso. Não tem justificativa para ele está onde está. Um homem que fez tanto pelo Brasil, o governante mais bem avaliado 80% de bom e ótimo; que olhou pelo povo pobre... e está daquele jeito. Só cabe a indignação. Alguém vai ter que pagar pelo que estão fazendo com o  Lula e com povo brasileiro".

Gleisi Hoffmann fez questão de dar o braço em Wellington enviado por Lula, "por quem ele tem grande consideração". Lula considera o governo de Wellington Dias um marco para o desenvolvimento do Piauí. "Ele sabe disso, a gente também tem o governo do Wellington como dos melhores dos governos nossos e que tem dado resposta ao povo do Piauí. Quero parabenizar o seu governo as pessoas que fazem a chapa que vocês estão apresentando a população e desejar muita sorte nessa caminhada".

Fonte: Luiz Brandão

Próxima notícia

Dê sua opinião: