DESVIO DE RECURSOS

Ação civil pede que ex-prefeito devolva R$ 47 mil aos cofres públicos

Ministério Público pede que ex-prefeito seja enquadrado na lei de Improbidade Administrativa e devolva R$ 47 mil desviados dos cofres públicos


Ex-prefeito Pedro Daniel, mais conhecido por Netinho

Ex-prefeito Pedro Daniel, mais conhecido por Netinho Foto: Reprodução

Uma ação civil pública impetrada pelo Ministério Público do Piauí (MP-PI) contra Pedro Daniel Ribeiro, mais conhecido por ‘Netinho’, ex-prefeito de Campo Alegre do Fidalgo, pede que o ex-gestor devolva R$ 47.448,80 aos cofres públicos e seja  condenado segundo a Lei de Improbidade Administrativa.

A ação encabeçada pelo promotor de Justiça Jorge Luiz da Costa Pessoa, titular da 2º Promotoria de Justiça de São Joao do Piauí, investigou irregularidades na prestação de contas do município em 2013.

De acordo com o MP-PI, o gestor à época, Pedro Daniel, teria realizados gastos assistenciais com pessoas ‘carentes’ para tratamento de saúde, sem a devida comprovação legal, além de gastos da ordem de R$ 32.548,80 com serviços contábeis, evidenciando desvio de recursos originários da Educação.

Próxima notícia

Dê sua opinião: