Crime organizado: ordem para incendiar ônibus pode ter vindo da Casa de Custódia


Dois ônibus de turismo foram incendiados em Teresina

Dois ônibus de turismo foram incendiados em Teresina Foto: Reprodução/Youtube

Policiais do 6º Distrito de Teresina, responsável pelos bairros da zona Sul da capital, investigam que os incêndios criminosos que aconteceram na madrugada desta terça-feira, 22, tenham relação com o crime organizado formado por detentos da Casa de Custódia.

No domingo, 20, os presos de quatro pavilhões realizaram um motim que só foi controlado após a chegada da Tropa de Choque da Polícia Militar. Pelo menos 15 presos ficaram feridos. Houve intensa troca de tiros.

A suspeita é que, em represália à ação da polícia, há ordens partidas de dentro da Custódia de que os veículos fossem incendiados. O delegado Humberto Lima, do 6º DP, está colhendo depoimentos de moradores e comerciantes dos bairros onde aconteceram os incêndios, todos eles localizados na zona Sul.   

Três ônibus de turismo e uma picape Toyota foram incendiados na madrugada de hoje. A picape pegou fogo às 2h30. Também houve uma tentativa de incêndio em um automóvel Palio, de placa LVN-2990, que estava na frente do escritório do advogado Paulo Nunes, na rua Esperanto, no bairro Monte Castelo, na zona Sul de Teresina.

O incêndio nos veículos foi iniciado ao lado da grade de ferro que protege a garagem do comércio e residência. As chamas destruíram parte do teto, telhado e a estrutura do imóvel, além de sua picape.

O incêndio só foi controlado às 4h da madrugada de terça-feira. Na semana passada, foi incendiada e destruída uma motocicleta que estava estacionada em uma calçada na rua Esperanto.

Fonte: Cintia Lucas

Próxima notícia

Dê sua opinião: