FUGA INUSITADA

Detento foi soldar um portão da Casa de Custódia e aproveitou para fugir

Secretaria de Estado da Justiça (SEJUS) nega o fato de que os servidores ficaram presos


Francílio Teles e o portão que facilitou sua fuga

Francílio Teles e o portão que facilitou sua fuga Foto: Montagem Piauihoje.com

O Piauihoje.com teve acesso a uma imagem de Francílio Lima Teles, o detento que há dois dias foi designado pela Direção da Penitenciária Professor José Ribamar Leite, antiga Casa de Custódia, para soldar o portão de entrada da unidade e se aproveitou da situação para fugir. Porém não foi uma fuga qualquer.

Francílio precisava soldar o portão pelo lado de fora do prédio, assim, aproveitou e com a solda travou o portão deixando presos os que já estão lá presos e também os servidores, policiais penais e até mesmo advogados, que estavam em audiência na unidade com seus clientes. O caso, que ocorreu por volta das 16h da última terça-feira (30), foi confirmado à reportagem por agentes que preferiram não se identificar.

Entretanto, a Secretaria de Estado da Justiça (SEJUS), nega o fato de que os servidores ficaram presos e afirma que vai investigar as reais causas da fuga.

Imagem enviada ao Piauihoje.com

NOTA

A Secretaria de Estado da Justiça informa que o preso Francilio Lima Teles fugiu no último dia 30 de junho, por volta das 16h, da Penitenciária Prof. José Ribamar Leite. O preso estava fazendo um serviço de soldagem em um portão lateral da unidade e aproveitou o descuido do servidor para empreender fuga. A Sejus abriu procedimento para investigar a causa da fuga.

Próxima notícia

Dê sua opinião: