PRÁTICA ILEGAL

Caçadores são presos com tatus e gambá em Dom Inocêncio

Presos podem ser condenados a até um ano de prisão e pagamento de multa por caça sem licença ou autorização


Animais apreendidos serão libertados pela Companhia Militar

Animais apreendidos serão libertados pela Companhia Militar Foto: Divulgação/PM-PI

Dois caçadores foram presos nesta sexta-feira (13) no município de Dom Inocêncio, a 608 quilômetros de Teresina pela prática da caça ilegal a animais silvestres. A prisão foi realizada por policiais do 11º Batalhão da Companhia de Polícia Ambiental de São Raimundo Nonato após receberem denúncia anônima de que os homens teriam ido caçar na zona rural da cidade.

Com a dupla, a polícia apreendeu três animais, sendo dois tatus ainda vivos e um gambá morto. As ferramentas usadas pelos caçadores durante o crime também foram apreendidas, pá, enxada e facões estão entre os instrumentos.

Tanto os animais como os caçadores e o material apreendido foram encaminhados à Companhia Ambiental para os procedimentos necessários e posterior soltura dos tatus.

Próxima notícia

Dê sua opinião: