SERVIÇOS

Sesapi entrega academias públicas para comunidades rurais do estado

O material foi adquirido com recursos de emendas da então senadora Regina Sousa, hoje vice-governadora do Piauí.


Solenidade

Solenidade Foto: Divulgação

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) entregou, nesta quinta-feira (13), equipamentos para a implantação de dez academias públicas no interior do Piauí. Foram beneficiadas dez associações de moradores de áreas urbanas e várias localidades rurais O material foi adquirido com recursos de emendas da então senadora Regina Sousa, hoje vice-governadora do Piauí.

Os equipamentos são usados para exercícios de musculação e alongamento. Eles são de fácil manuseio e adequados para a prática de atividades físicas para pessoas de todas as idades, especialmente para o público da terceira idade. Foram contempladas as cidades de Teresina, Luís Correia, Canavieira, Redenção do Gurguéia, Alvorada do Gurguéia, Arraial do Piauí, União, Lagoa do Piauí, Alto Longá e Antônio Almeida. A entrega contou com a presença da vice-governadora, Regina Sousa, e representantes das cidades como o vice-prefeito de Antônio Almeida, Epaminondas Ferreira.

O representante da cidade de Lagoa do Piauí, Jesus Cabeceiras, veio receber os equipamentos que serão levados para a zona rural da cidade, beneficiando 150 famílias. “A academia vai ser instalada no povoado Jacaúna, onde as famílias necessitam muito de um incentivo para a atividade física e agora vão ter. É uma grande novidade para eles”, diz Jesus.

A representante do Sindicato dos Servidores Públicos de Alvorada do Gurguéia, professora Bruna Rio Tinto, também recebeu os equipamentos e se diz satisfeita. “A população de Alvorada está numa expectativa muito grande pela chegada dessa academia porque nós ainda não tínhamos equipamentos desse nível para fazer atividades físicas, que são tão importantes, tanto para os jovens quanto para o público da terceira idade”, afirma a professora.

Para o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, um dos objetivos da Sesapi é trabalhar na área de prevenção e incentivar a prática desportiva. Segundo ele, o Governo do Estado vem incentivando essa prática esportiva nas comunidades. “Quando essas academias chegam a essas comunidades, elas viram um ponto de apoio para que as pessoas se comprometam com a atividade física, que é tão importante para a manutenção da saúde com bem estar físico e mental”, diz o gestor.

De acordo com Regina Sousa, o projeto das academias públicas foi criado em 2003 como um complemento das atividades de prevenção da saúde com atividades físicas. “No começo, o processo para se ter uma academia dessas nas cidades era muito burocrático porque era exigido que tivesse vinculado à uma UBS. Só depois foi liberado para que as pessoas tenham os equipamentos nas comunidades. Elas eram colocados sempre nas cidades, na zona urbana”, afirma a vice-governadora.

Regina diz que começou a receber pedidos das trabalhadoras rurais para que tivesse também esses equipamentos nos locais onde moram, como assentamentos. “Depois de um dia inteiro quebrando coco, elas precisam fazer exercícios físicos para esticar o corpo. Então, as academias são muito importante para que elas mantenham a saúde”, afirma Sousa

Fonte: CCOM

Próxima notícia

Dê sua opinião: