PRESOS

Irmãos depredam hospital e ameaçam funcionários com facão em Batalha

A dupla foi presa e autuada por danos ao patrimônio público


Dois homens são presos em Batalha após ameaçarem funcionários de hospital

Dois homens são presos em Batalha após ameaçarem funcionários de hospital Foto: Reprodução

Dois irmãos identificados como Erinaldo da Cunha, 30 anos, e Paulo da Cunha, 26 anos, foram presos nessa terça-feira (18) após invadirem o Hospital Messias de Andrade na cidade de Batalha, no Norte do Piauí. De acordo com a Polícia Militar, os dois ameaçaram os funcionários com facão e depredaram o local. 

De acordo com o boletim de ocorrência, os irmãos derrubaram a porta de entrada do hospital e entram armados com facões. Eles ameaçaram os funcionários e quebraram cadeiras, lâmpadas e lixeiras.

Após a prisão, os suspeitos foram levados para Esperantina e prestaram depoimento à Polícia Civil. Na delegacia, os irmãos ainda quebraram a cela onde ficaram.

Na delegacia, Paulo relatou ter sofrido um acidente de moto e foi levado ao hospital por populares. Ele disse que os funcionários teriam demorado para administrar a medicação e não fizeram curativo em seu pé. Ele relatou ainda que quando estava saindo do hospital, o segurança pegou em seu braço e o colocou para fora. 

Chegando em casa, o irmão de Paulo ficou indignado com a forma de como ele foi tratado no hospital e resolveu ir até o local tirar satisfação. No entanto, Paulo e e Erinaldo contaram ao delegado que não se lembram de nada o que aconteceu.

Eles falaram ainda que fazem uso de entorpecentes e que haviam ingerido bebida alcóolica no dia do acontecido. A dupla passou por audiência de custódia e vai responder por dano ao patrimônio público. 

Veja também:

Jovem de 20 anos cai de balsa e morre afogado em lagoa no Norte do Piauí

Morre aos 90 anos o ex-prefeito de Piripiri, Jônatas Melo

Tragédia: Incêndio mata duas crianças e deixa uma gravemente ferida em Parnaíba

 

Próxima notícia

Dê sua opinião: