PANDEMIA

Secretaria de Saúde confirma quinta morte por Coronavírus no Piauí

O número de casos confirmados do novo vírus saiu de 26 para 31 nesta terça-feira (07)


Uso de máscaras é uma das medidas de prevenção contra Coronavírus

Uso de máscaras é uma das medidas de prevenção contra Coronavírus Foto: Alinny Maria

A Secretaria de Estado da Saúde (SESAPI) informa que novos casos de Covid-19 foram confirmados  no Piauí. São duas mulheres de São José do Divino, com idade de 45 e 48 anos. Uma mulher de Teresina, de 31 anos. Um homem de Piracuruca, 65 anos. Além desses casos, um homem de Teresina, de 62 anos, que confirmou positivo para covid-19, veio a óbito nesta terça-feira, dia 07. Com mais esse caso, agora somam cinco o número de óbitos por coronavírus no estado.

O número de casos confirmados saiu de 26 para 31. O boletim foi divulgado às 19h desta terça-feira (07).

Nesta terça-feira, o secretário Florentino Neto assinou portaria que autoriza as autoridades sanitárias das Vigilâncias Sanitárias aplicarem multas a pessoas físicas e jurídicas, que insistirem no descumprimento das medidas de saúde decretadas no Estado para o enfrentamento do novo Coronavírus.  O valor da multa por infração varia de R$ 500,00 a R$ 5 mil para pessoas físicas e de R$ 5 mil a R$ 17.650 para pessoas jurídicas.

CORONAVÍRUS NO BRASIL

O Ministério da Saúde atualizou a situação do Coronavírus no Brasil nesta terça-feira, já são 13.717 casos confirmados e 667 óbitos.

O MS informou que até o momento, não há evidências científicas sobre um tratamento que possa prevenir a infecção por coronavírus ou ser utilizado com 100% de eficácia no tratamento, embora estejam em estudo medicamentos e terapias com resultados preliminares promissores. Como se trata de uma nova doença, diversos estudos estão em andamento e, por isso, novas opções terapêuticas poderão ser sugeridas. Por isso, as orientações de tratamentos medicamentosos específicos ou mesmo de suporte serão atualizadas periodicamente no documento.

Considerando o andamento de pesquisas com a cloroquina, as “Diretrizes para diagnóstico e tratamento da COVID-19” fornecem orientações para uso do medicamento como opção para quadros graves (pacientes hospitalizados com pneumonia viral). Contudo, o seu uso se restringe a casos confirmados e deve ser feito conforme a orientação médica e em conjunto com outras medidas de suporte. No documento, profissionais podem ter direcionamento sobre a prescrição das doses e demais informações. O Ministério da Saúde está monitorando os estudos de eficácia e segurança da cloroquina / hidroxicloroquina em pacientes com COVID-19 e, em qualquer momento, poderá modificar sua recomendação quanto ao uso destes fármacos, baseado na melhor evidência disponível.

Matéria relacionada

Governo vai multar pessoas e empresas que descumprirem isolamento no Piauí

Próxima notícia

Dê sua opinião: