LUTO

PM morre em decorrência de pancreatite em Teresina; 2ª morte de policial em 48h

A vítima era lotada no 8º Batalhão da Polícia Militar, na zona Sudeste de Teresina


Givaldo Nascimento Silva

Givaldo Nascimento Silva Foto: Divulgação

Morreu na tarde desta sexta-feira (05/06), o cabo da Polícia Militar do Piauí, Givaldo Nascimento Silva, de 47 anos, vítima de uma pancreatite aguda, em um hospital na zona Sudeste de Teresina. O policial passou mal, foi levado ao hospital  e morreu em decorrência de uma pancreatite aguda.

A Polícia Militar do Piauí emitiu uma nota de pesar e lamentou a morte do servidor que era lotado no 8º Batalhão. O cabo Givaldo atuava na PM há 28 anos. "O Comando Geral da PMPI juntamente com toda a família policial militar presta os sentimentos aos familiares e amigos e se solidarizam pela perda do companheiro  e roga que a misericórdia de Deus amenize a dor decorrente de tão significativa e irreparável perda", disse a PM-PI.

O velório será realizado na sede do 8º Batalhão, e o sepultamento ocorrerá neste sábado (06) às 10h, no Cemitério do Bairro Renascença II.

Essa é a segunda morte de policial militar no Piauí em apenas 48 horas. Na quarta-feira (03), cabo Basílio dos Santos Sobrinho morreu aos 49 anos de idade após sofrer uma parada cardíaca. Ele estava internado no Hospital Itacor, mas não resistiu. 

Próxima notícia

Dê sua opinião: