ORÇAMENTO APERTADO

Alunos do Instituto Federal do Piauí reclamam de falta de almoço após bloqueio de verbas

Os alunos relatam que estão sem almoço o que inviabiliza a estadia de muitos dentro o Instituto


IFPI Centro

IFPI Centro Foto: Divulgação

Estudantes do Instituto Federal do Piauí (IFPI) denunciaram que estão sem almoço e jantar. Muitos relataram que moram longe e não tem condições de arcar com todas as refeições.

Segundo os estudantes, na hora das refeições eles estão indo para o centro comprar o almoço. Muitos deles são de cidades vizinhas como Demerval Lobão, José de Freitas, Altos e até mesmo os que moram em  bairros de Teresina relatam a dificuldade diária.

"Pessoas como eu, quem vem de Altos até aqui, por exemplo, às vezes nem tomam café afim de pegar o ônibus cedo para não se atrasar. Na saída também estamos com fome, a espera por ônibus é longa. A falta de refeição também impossibilita a gente de ficar na monitoria, podíamos ficar quando tinha almoço agora que não tem, não dá", disse uma aluna.

"Quando eu chego aqui, eu trago a comida, mas não tem como esquentar, tenho que comer gelar, no dia do esporte. Eu fico pela manhã e a tarde, quando tenho esporte tenho que ficar às 18h", disse outro estudante.

O Instituto Federal informou que está semana seria a última semana de aula com encerramento do semestre. E que por conta disso houve uma suspensão na alimentação dos alunos.

Bloqueio de recursos afeta Instituto Federal

O Instituto Federal do Piauí (IFPI) emitiu uma nota, no comunicado, a reitoria informou a preocupação com o bloqueio de 14,5% do orçamento feito pelo Governo Federal.

"O bloqueio no orçamento do IFPI é da ordem de R$ 10 milhões, em recursos destinados ao funcionamento  da  instituição, afetando diretamente contratos de água, energia, limpeza, vigilância, cozinha entre outros", informou a reitoria.

O reitor do IFPI, Paulo Borges da Cunha, fez um apelo aos parlamentares da bancada federal para orçamento que seja feito outro planejamento pelo Ministério da Educação (MEC) às Instituições de Ensino Federais, em especial, as do Estado do Piauí. Ele também comentou que não foi informado sobre o corte e que a instituição só terá orçamento até setembro. "Se eles não mudarem de ideia e debloquearem, vai comprometer os meses de outubro, novembro e dezembro", disse.

"Ressaltamos que o IFPI é uma Instituição secular que tem prestado grande serviço promovendo uma educação de excelência, e, sobretudo, levando educação, arte, cultura e possibilidades de uma vida melhor para jovens e adultos de todas as classes sociais e de todo o Piauí", pontou a nota dada pela instituição.

Google anuncia 500 mil bolsas de estudo para jovens

Universidades públicas do Piauí irão ofertar mais de 4,7 mil vagas no Sisu do 2º semestre

Próxima notícia

Dê sua opinião: