PETROLEO

Queda de Açoes da Petrobrás esta sendo provocada pela crise mundial

O especialista ainda menciona que pode haver queda no preço dos combustíveis no mercado interno


Plataforma de petróleo

Plataforma de petróleo Foto: Rreprodução

 A brusca queda das ações da Petrobrás nas bolsas assusta o mercado nesta segunda-feira, 9 de março. Para Rodrigo Leão, coordenador do Instituto de Estudos Estratégicos de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (INEEP), a queda ocorreu devido à crise de demanda gerada pela redução das importações de óleo cru pela China, ocasionada, por sua vez, pelo surto de corona vírus que vem atingindo o país asiático desde os últimos meses de 2019, além dos conflitos envolvendo Rússia e Arábia Saudita.

No ano passado, a China importou 10,2 milhões de barris de petróleo, dos quais cerca de 1-1,5 milhão de barris oriundos do Brasil. Com a redução de 1/3 das importações chinesas de óleo, somada à queda do preço do barril do petróleo, o impacto para a Petrobrás pode superar US$ 5 milhões por dia.

Leão explica que esse é um exemplo claro dos riscos da Petrobrás depender do mercado externo para a venda de petróleo cru e abrir mão de outras atividades, como refino e petroquímica. O especialista ainda menciona que pode haver queda no preço dos combustíveis no mercado interno, mas não tão expressivos quanto o preço do barril.


Fonte: Ascom FUP

Próxima notícia

Dê sua opinião: