MUSICA

Vai Passar: a nova canção de Monise Borges para acalentar nossos corações

O processo de composição de Monise Borges começou com a ideia de construir um coro de crianças para passar a mensagem de esperança


Monise Borges - Vai Passar

Monise Borges - Vai Passar Foto: Divulgação

Dia 26 de julho de 2021, a cantora e compositora Monise Borges lançou mais uma canção para agraciar todos com essa mensagem que é um grande alento nesse momento. O nome da música por si só resume tudo que desejamos para uma guerra sanitária que dura mais de um ano: Vai Passar.

Monise Borges já tem mais de 20 anos de carreira, tendo iniciado na música aos 10 anos, como integrante da banda de pop rock Agnes, em Picos-PI. Posteriormente, migrou para a carreira solo, dedicando-se à música popular brasileira e latino-americana. Tem uma discografia focada em suas próprias composições, que cantam o amor, suas dores, suas raízes e sua terra. Já lançou os álbuns "Penso em ti" (2008) e "Amor em Prelúdio" (2013), os EPs "Algo teu" (2018) e "Não vão nos calar" (2021), o single "Memoriar" (2020) e agora o single "Vai Passar" (2021).

Monise revela de cara que a canção traz a simplicidade tanto na sua harmonia quanto na melodia, não há floreios. A ideia, para a compositora, é provocar um sentimento de paz e esperança nas pessoas e, consequentemente, despertar esse sentimento também em si.

"Vai passar nasce como um mantra, pois havíamos chegado num momento da pandemia que há alguns meses imaginávamos que ali estaríamos chegando no final dela, no entanto voltamos a ver muitos novos casos surgindo e pessoas perdendo a vida para um vírus para o qual já existia vacina", frisa.

O processo de composição de Monise Borges começou com a ideia de construir um coro de crianças para passar a mensagem de esperança, mas diante desse cenário pandêmico não seria possível concretizar isso, dessa forma a artista teve que reorganizar toda a ideia. Com isso, toda a produção aconteceu de forma remota.

"Convidei o Mário Araújo, grande amigo e profissional que faz parte da minha equipe para fazer o arranjo comigo, a minha ideia era ter uma instrumentação minimalista, seria piano e violoncelo, mas no fim acabamos inserindo o violão. Após o arranjo da música finalizado, eu convidei o Lucas Coimbra para me ajudar com o arranjo para o coro, a ideia era fazer algo simples, mas o resultado final do arranjo vocal para coro a quatro vozes ficou excepcional."

Depois da pré-produção e arranjos, o grupo partiu para a gravação. O Mário Araújo gravou o violão, o Myel Araújo gravou o piano, o Gilberto Queiroz gravou o violoncelo e o coro teve a participação especial do Lucas Coimbra, Bráulio Luís e Kamila Canabrava, além da própria Monise que fez a voz principal e participou do coro.

A capa da música foi desenhada pelo artista visual e designer Herick Felipe que diz ter se inspirado no espaço/tempo, evidenciando a ligação entre o futuro e o passado, além da ancestralidade indígena tão presente na identidade artística da Monise. Para Herick Felipe, esse foi um trabalho desafiador, pois foi necessário transmitir muitas ideias e conceitos abstratos com muita simplicidade e sutileza, assim como a música.

A música já está disponível em todas as plataformas digitais, basta acessar http://bit.ly/monisevaipassar e escolher sua plataforma preferida. Monise pontua: "Espero que ela toque a todos que puderem escutá-la, assim como toca a mim".

FICHA TÉCNICA

Vai passar 

letra e música MONISE BORGES

arranjo MÁRIO ARAÚJO E MONISE BORGES

voz MONISE BORGES

violão MARIO ARAÚJO

violoncelo GILBERTO QUEIROZ

teclado MYEL ARAÚJO

arranjo coro LUCAS COIMBRA

coro LUCAS COIMBRA, BRÁULIO MIRANDA, KAMILA CANABRAVA E MONISE BORGES

captação, mixagem e masterização M.A. STUDIO

produção executiva NOÉ FILHO

arte da capa e designer HERICK FELIPE

assistente de produção ALISSON CARVALHO

Fonte: Monise Borges

Próxima notícia

Dê sua opinião: