CORONAVÍRUS

Por medo de ficar sem comida, teresinenses lotam supermercados

Com a confirmação de três casos de coronavírus no Piauí, a população correu para os supermercados


Por medo do coronavírus, teresinenses lotam os supermecados

Por medo do coronavírus, teresinenses lotam os supermecados Foto:

Os supermercados de Teresina estão lotados e muitas pessoas estão comprando alimentos em grande quantidade por medo de faltar comida em suas casas após os primeiros casos confirmados de Covid-19 no Piauí. O cenário é de aglomeração, o que é não é recordável pela Organização Mundial da Saúde (OMS) devido a pandemia de coronavírus. Algumas pessoas utilizam máscaras para prevenir a contaminação.

O Piauí Hoje foi ver de perto a situação dos supermercados na capital. Os carrinhos estão lotados de produtos básicos como arroz, feijão, óleo e produtos de higiene e limpeza. Outro ponto que chamou a atenção, foi que as pessoas estão adquirindo grande quantidade de produtos congelados como pizzas e lasanhas.

"A operadora de telemarketing Tayse Moura, de 28 anos, disse que está levando tudo o que pode para diminuir as idas ao supermercado. "Fiz a compra bem maior que a de costume, pois assim quero garantir que não vou voltar aqui rapidamente. Meus pais são idosos e eu procuro não me expor muito aos locais aglomerados para não deixá-los em risco. Eu já percebo que os produtos estão mais caros e acredito que logo vai começar a faltar alguns itens", comenta.Foto: Alinny Maria




AGLOMERAÇÃO

A recomendação mundial é que  se puder, não saia de casa. Mas caso alguém precise realmente sair de casa para fazer compras, deve ficar atento a alguns cuidados. Na fila de pagamento é o local onde há a maior concentração de pessoas próximas uma das outras.

Para os que precisam realmente ir ao supermercado, o ideal é escolher um horário em que o estabelecimento esteja mais vazio. Evitar colocar as mãos na boca, nos olhos e se possível fazer a higienização com água ou com álcool em gel. As pessoas devem se manter distantes uma das outras por pelo menos um metro. Na hora de pagar, priorize usar o carão de crédito, pois a cédula passa nas mãos de várias pessoas.


Próxima notícia

Dê sua opinião: