PANDEMIA

Coronavírus esvazia ruas e o comércio do centro de Teresina

Lojistas dizem que não há movimento no comércio e amargam prejuizos por causa do Covid 19


Rua Lisandro Nogueira

Rua Lisandro Nogueira Foto: Piauihoje.com

Com o período de quarentena, devido às restrições impostas por instituições públicas e privadas, para o combate ao Covid 19, as ruas do Centro de Teresina estão cada vez mais desertas. O fluxo de clientes caiu desde a última segunda feira (16). Comerciantes relatam que a diminuição vem acontecendo gradativamente desde a última semana.  

Rua Rui barbosa

O Shopping da Cidade de Teresina, localizado na Avenida Maranhão, reúne várias lojas que diariamente movimentam o comércio local. Com o processo de quarentena as vendas caíram drasticamente. Até mesmo o fluxo de pessoas que usavam os corredores do shopping para acessarem o metrô de Teresina diminuiu. 

A situação fica mais complicada para os vendedores ambulantes do Centro. Segundo o vendedor ambulante Rivaldo Araújo, as pessoas estão evitando até mesmo tocar os produtos à venda. “Com o período de quarentena vigente, iremos ter que fazer como os discípulos de Deus: jejum e oração”, brinca Rivaldo.

Vendedores ambulantes em frente ao Mercado São josé no centro de Teresina

No Mercado São José, conhecido como mercado velho, o comércio de artesanato também sofre com baixa nas vendas. A administração ainda não se pronunciou ou fez uma reunião com os vendedores e, conforme a vendedora Marta Viana, “embora a administração ainda não tenha dado uma palavra final, é melhor se prevenir. Depois correr atrás do prejuízo. Porque com o mercado fechado ou não, as vendas estão paradas".

Lívia Ferreira estagiária sob supervisão do jornalista Luiz Brandão

Próxima notícia

Dê sua opinião: