NOVO GOVERNO

General Santos Cruz diz que Lula não deve temer militares e rechaça ameaça de golpe

Ex-aliado de Bolsonaro, general da reserva disse que Lula tem experiência política e saberá lidar com as Forças Armadas


General Santos Cruz: Lula não tem ao que temer

General Santos Cruz: Lula não tem ao que temer Foto: Revista Veja

Brasília - O general da reserva Carlos Alberto Santos Cruz, ex-aliado de Jair Bolsonaro, disse em entrevista à BBC News Brasil que o novo governo do PT não tem motivos para temer a atuação dos militares nos próximos quatro anos. O general aposta em uma relação harmônica entre o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva e os militares.

"Do meu ponto de vista, não precisa temer nada. Nem o governo e nem a população", disse Santos Cruz.

Santos Cruz também disse que acredita que Lula tem experiência política e saberá lidar com as Forças Armadas e também rechaçou nota assinada pelos comandantes do Exército, Marinha e Aeronáutica há duas semanas segundo a qual as Forças Armadas teriam uma função "moderadora" na República brasileira. "Qualquer interpretação de que as Forças Armadas são um poder moderador está completamente errada", disse.

Um dos militares da reserva mais respeitados de sua geração, Santos Cruz comandou o contingente militar de missões de estabilização da Organização das Nações Unidas no Haiti e na República Democrática do Congo. Ele foi um dos primeiros militares a apoiar a candidatura de Bolsonaro em 2018.

Em janeiro de 2019, foi nomeado como ministro da Secretaria de Governo da Presidência, mas ficou no cargo por apenas seis meses. Em junho daquele ano, foi exonerado por Bolsonaro. Desde a sua saída do governo, passou a tecer várias críticas ao atual governo.

Fonte: Brasil 247

Próxima notícia

Dê sua opinião: