Car Mais
CAR MAIS

Monstro elétrico

Confira as novidades do mundo automobilistico


Ford Mustang Cobra Jet 1400 dragster

Ford Mustang Cobra Jet 1400 dragster Foto: Divulgação

A fera não tem ronco e não usa combustível, mas arrasa no Quarto de Milha, com mais de 1.400 cavalos de potência e humilhantes 152 kgfm de torque instantâneo. A Ford Performance transformou um Mustang em dragster. Trata-se do Cobra Jet feito de fábrica, com propulsão totalmente elétrica. Alimentado por bateria, o protótipo Mustang Cobra Jet 1400 foi especialmente projetado para corridas de arrancada, com tempo na faixa de 8 segundos para percorrer o quarto de milha (equivalente a 402,33 metros) e velocidade de mais de 270 km/h, provando que um “powertrain” com força elétrica é capaz de ser um autêntico Mustang em um dos ambientes de competição mais exigentes do mundo. “A Ford sempre usou o automobilismo para mostrar inovação. A propulsão elétrica nos dá um tipo de desempenho totalmente novo e o Cobra Jet 1400 é um exemplo de como levar essa nova tecnologia ao limite. Estamos empolgados em mostrar o que é possível fazer neste ano em que também temos o Mustang Mach-E elétrico se juntando à família do poney car”, vibra Dave Pericak, diretor global da Ford Icons. Para tornar o Cobra Jet 1400 uma realidade, a Ford Performance se uniu a fornecedores especializados. São eles: a MLe Racecars – construtor, designer, integrador e afinador de veículos –, a Watson Engineering – suporte e desenvolvimento de chassi e construtor de gaiolas de proteção –, a AEM EV – calibração e controles de software e motor – e a Cascadia – fornecedor de inversores e motores. Dá para conferir o “monstro” em ação em https://www.motortrendondemand.com/.
Toyota Yaris CrossJeito SUV

A Toyota anuncia que seu novo SUV compacto, o Yaris Cross, originalmente planejado para aparecer no Salão de Genebra deste ano (cancelado devido à pandemia do coronavírus) finalmente dará as caras. Como um utilitário esportivo que herda as qualidades do carro compacto da marca, o Yaris Cross será lançado no Japão no segundo semestre deste ano e na Europa em meados de 2021. Ao adotar o novo sistema híbrido e a plataforma TNGA para carros compactos, o Yaris Cross oferece uma dimensão mais alta do desempenho básico e ambiental. Além disso, o veículo alcança um tamanho de carroceria fácil de se manusear, proporcionando conforto interior e capacidade de carga no estilo SUV. O design exterior, embora simples, expressa a robustez do carro. O interior é modelado para proporcionar uma sensação de maior qualidade e conforto. O Yaris Cross será fabricado na Toyota Motor East Japan Co., Ltd. para o mercado japonês e na Toyota Motor Manufacturing France para a Europa.
 lendária série PV, que inaugurou os motores de seis cilindros da VolvoUm marco do Século 20

O projeto PV marcou o primeiro motor de seis cilindros (em linha) da Volvo, com nome de DB. Com uma capacidade de pouco mais de 3 litros, a sua potência não passava de modestos 55 cavalos. Os protótipos PV651 e PV652 eram automóveis mais compridos e mais largos que os modelos anteriormente apresentados pela marca sueca. As quatro rodas tinham travões que eram operados mecanicamente no caso do PV651 ou hidraulicamente no PV652. Em 1933, a Volvo apresentou dois novos modelos de produção em série, o PV653, standard, e o PV654, de luxo. Eram automóveis confortáveis, silenciosos e robustos destinados a uma utilização diária com motores de confiança. O 654 tinha um interior muito elegante, duas rodas de reserva e era disponível em várias cores. Em 1935, a Volvo trouxe o PV658 e o PV659 com uma aparência bastante diferente dos modelos iniciais. O radiador inclinou-se ligeiramente para trás e uma grade foi montada na frente. As rodas tinham uma nova aparência e o motor de seis cilindros era mais poderoso, com 3,67 litros e 80 a 84 cavalos. No total, foram produzidas 3.577 unidades dessa série de modelos.
 novo Hyundai Veloster NMelhor lá do que cá

Sinônimo de projeto malfadado no Brasil – porque a versão destinada ao mercado brasileiro tinha um motor muito fraco para a proposta do carro –, o Veloster é um sucesso em outros países. Agora, a Hyundai está apresentando a mais recente reestilização em seu modelo na configuração N, que começa a ser vendida a partir de maio na Coreia do Sul. O novo Veloster N é equipado com motor 2.0 turbo com 250 cavalos de potência dotado com o Performance Package. No entanto, graças ao novo sistema N Grin Shift (NGS) – permite que a função “overboost” e a reposta otimizada da transmissão se mantenham ativas durante 20 segundos –, a unidade motriz pode oferecer durante esse período 39 kgfm de torque em vez dos normais 36 kgfm. Conforme a fabricante sul-coreana, o carro acelera de zero a 100 km/h em 5,6 segundos. O renovado Veloster tem sistema de infoentretenimento com tela de 8 polegadas e um som de alta fidelidade da JBL.
 Fiat 500 elétricoBate-papo inédito

Para alavancar as vendas do novo 500, totalmente elétrico, um vídeo – denominado de “Conversando com a Fiat” – será publicado duas vezes por mês com Luca Napolitano, chefe das marcas Fiat e Abarth para Europa, Oriente Médio e África, respondendo a perguntas dos clientes. As questões serão reunidas por meio da função de bate-papo na página do novo Fiat 500. Os vídeos serão distribuídos pelos canais sociais oficiais da marca italiana para serem compartilhados com os usuários do bate-papo. Três perguntas foram selecionadas para a primeira parte do “Conversando com a Fiat”, colocadas por grande parte dos internautas da Alemanha, França e Itália. Os primeiros tópicos a serem abordados serão sobre qual segmento o carro está inserido, os preços da linha e a data de entrega das primeiras unidades. A função de bate-papo dedicada ao New 500 é a primeira na indústria automotiva. Para mais informações e conversar sobre o novo 500, o interessado deve acessar www.fiat.co.uk/500-electric-la-prima.
McLaren 765LT“Malhação” para eletrificar

Segundo Mike Flewitt, CEO da McLaren Automotive, a empresa continuará sua filosofia de engenharia de redução do peso do veículo para melhorar ainda mais o desempenho e a eficiência de seus supercarros. Já evidente em modelos existentes, como no novo 765LT, a busca contínua por “emagrecimento” poderá colocar a McLaren em uma boa posição para adotar as tecnologias híbrida e elétrica. O 765LT abre um novo capítulo na história da McLaren Longtail e incorpora características que têm suas raízes nos lendários carros de competição da McLaren F1 do final dos anos 90, com o envolvimento do motorista, maior desempenho, peso mais leve e dinâmica focada na pista. “A redução do peso do veículo está no centro de nossa estratégia para as próximas gerações de supercarros da McLaren. Estamos comprometidos com isso para estarmos na melhor posição possível para aumentar a eficiência e o desempenho dos modelos híbridos a serem introduzidos até 2025. A massa do veículo é inimiga do desempenho, seja em um carro com motor a combustão convencional ou um com trem de força totalmente eletrificado”, salienta Flewitt.
escolha por carros seminovosGarimpo de preciosidades sobre rodas

Na busca por veículos mais completos, comprar um seminovo é muitas vezes mais vantajoso do que investir em um carro zero-quilômetro “pelado”. Nessa “corrida ao tesouro”, a Volanty, primeiro marketplace digital de carros seminovos do Brasil, ajuda na orientação ao consumidor:
Buscar informações prévias sobre o modelo desejado - nas redes sociais, há dezenas de comunidades que discutem a qualidade de cada veículo. Notícias e rankings publicados na mídia também ajudam muito a conhecer mais sobre os veículos e até a definir qual a melhor opção.
Testar o carro antes de comprar - fazer o test-drive em geral não é suficiente para uma compra segura, mas é um passo importante. O ideal é circular por locais conhecidos e ficar atento a possíveis barulhos que podem surgir ao longo do percurso, como o de peças soltas ou na parte mecânica.
Atenção ao estado de conservação geral do veículo - é importante observar o manual do automóvel. Lá está registrado se o proprietário fez todas as revisões indicadas pela montadora. Verificar se o carro tem macaco, triângulo, chave de rodas e estepe em condições de uso. Atenção redobrada aos possíveis vazamentos de óleo embaixo do carro, ao estado dos pneus e às condições gerais do veículo pretendido.
Ver se o carro foi danificado - é essencial ficar atento à procedência do veículo. A análise documental, com a checagem do número do chassi, dos vidros e da placa, é necessária para evitar fraudes. Checar sobre possíveis acidentes. Carros que sofreram danos por enchentes tem cheiro característico. Mesmo após uma higienização, é possível de se achar impurezas depositadas em lugares pouco expostos. Verificar o estado do estofamento dos bancos e do carpete. Se o tecido estiver estragado, o carro pode ter sido vítima de enchente ou está com problemas de vedação.

Fonte: Automotrix

Próxima notícia

Dê sua opinião: