Car Mais
CAR MAIS

Da nova safra

A BMW atualiza a Série 6 Gran Turismo, o cupê de quatro portas esportivo da marca alemã


BMW Série 6 Gran Turismo

BMW Série 6 Gran Turismo Foto: Divulgação

A BMW não dá refresco na sua temporada de lançamentos e atualiza o Série 6 Gran Turismo, introduzindo soluções tecnológicas e de desempenho vistas no rejuvenescimento da Série 5, apresentada na semana passada. O vigoroso cupê de quatro portas realça o visual de esportividade na parte externa, aumenta a oferta de materiais e de equipamentos no ambiente interno luxuoso, acrescenta uma tecnologia híbrida suave de 48V aumentando a eficiência e o dinamismo, inova nas assistências ao motorista e esbanja conectividade, tudo o que se espera de em veículo da classe premium. Com uma trajetória de mais de 50 mil unidades vendidas globalmente, o novo GT da Série 6 desembarca nos mercados europeus no próximo mês. Ao Brasil, deve chegar apenas em 2021.

BMW Série 6 Gran TurismoEm termos de configurações e motorizações, o novo Série 6 Gran Turismo traz a 630i com propulsor 2.0 turbo de quatro cilindros com potência de 258 cavalos de 5 mil a 6.500 rotações por minuto e 41 kgfm de torque de 1.550 a 4.400 rpm. De acordo com a marca alemã, o carro acelera de zero a 100 km/h em 6,5 segundos. A 640i tem motor 3.0 turbo de seis cilindros com 333 cavalos de 5.500 a 6.250 giros, torque de 46 kgfm de 1.600 a 4.800 rpm e aceleração até 100 km/h em 5,5 segundos. Ambas podem atingir 250 km/h limitadas eletronicamente.

 Para a Europa, o modelo tem três variações a diesel, a 620d com propulsor 2.0 turbo de quatro cilindros com 190 cavalos a 4 mil rotações, torque de 41 kgfm de 1.750 a 2.500 rpm, aceleração da imobilidade aos 100 km/h em 7,9 segundos e velocidade final de 220 km/h, a 630d com um 3.0 turbo de seis cilindros, potência de 286 cavalos a 4 mil rotações, torque de 66 kgfm de 1.500 a 2.500 giros, aceleração em 6,1 segundos e máxima de 250 km/h e a 640d com um 3.0 turbo de seis cilindros em linha, 340 cavalos de potência a 4 mil rpm, torque de 71 kgfm de 1.750 a 2.250 rpm, aceleração até 100 km/h em 5,3 segundos e final de 250 km/h.

BMW Série 6 Gran Turismo

 Em todos os casos, a transmissão é uma Steptronic de 8 velocidades.As extremidades do novo Série 6 GT foram redesenhadas e ficaram com “maior presença” e um poderoso fascínio esportivo, conforme a BMW, com grade de “duplo rim” maior - a grande marca dos modelos atuais da fabricante alemã –, faróis mais finos para salientar o caráter dinâmico do carro, novos faróis adaptativos de leds e a versão mais recente do BMW Laserlight como opcional – o laser combinado com leds proporciona luzes com intensidade e alcance diferentes.

 Na traseira, muito “limpa” e sem adereços desnecessários, os escapamentos têm ponteiras na forma trapezoidal. O GT tem novas cores de carroceria, pacote M Sport com saia dianteira mais marcante, um grande difusor atrás e freios com a grife esportiva com pinças pintadas de azul ou vermelho. As rodas de liga leve de 18 polegadas são padrão nos motores a gasolina e a diesel mais potentes e novos estilos, de 19 ou 20 polegadas, estão disponíveis como opcional.

BMW Série 6 Gran Turismo


Dentro, o Série 6 Gran Turismo combina luxo, conforto para viagens longas e possibilidade de variações do ambiente. A tela principal de multimídia tem 12,3 polegadas de série em todas as configurações, com controles do console central em preto brilhante, volante esportivo com botões multifuncionais e controle automático do ar-condicionado de duas zonas. 

O painel de instrumentos Sensatec é opcional, com costura em contraste marrom. O estofamento em couro Dakota é fornecido de série, com acabamento em couro BMW Individual opcional. A integração com smartphones é via Android Auto e Apple CarPlay e a conectividade é sem fio, por Wi-Fi, com informações mostradas no visor de controle e no painel de instrumentos. Atualizações remotas de software permitem a integração de conteúdo específica do veículo, como extensões de funcionalidade para sistemas de assistência ao motorista. 

O software do carro está sempre atualizado, e serviços digitais podem ser adicionados posteriormente.  
A direção ativa integral, opcional, oferece maior assistência nas manobras de baixa velocidade. A suspensão pneumática do eixo traseiro com autonivelamento automático é de série, enquanto a suspensão pneumática adaptável dos dois eixos, a suspensão adaptativa e a Executive Drive com estabilização ativa são oferecidas como opcionais. Os novos sistemas de assistência ao motorista e as funções estendidas abrem caminho para a direção automatizada, aparentemente, uma inexorável tendência na indústria automotiva mundial.

Fonte: Automotrix

Próxima notícia

Dê sua opinião: