Política

Wellington diz a Firmino que não pactuou com 'traição'

Firmino se diz convencido de que W Dias não atuou: "é a palavra do governador"
Fonte: Paulo Pincel | Editor: Luiz Brandão 24/11/2017 11:52
Reunião no Palácio da Cidade Reunião no Palácio da CidadeFoto: PMT

Numa conversa com os jornalistas, na manhã desta sexta-feeira (24), o prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), revelou ter ficado convencido de que o governador do Piauí, Wellington Dias, não teve participação na "trama urdida pelo PMDB" que reelegeu o atual presidente Jeová Alencar, antecipando em um ano a eleição naa Câmara Municipal de Teresina, na quarta-feira (16).

Wellington Dias garantiu que não teve qualquer participação na antecipação da eleição na Câmara, que deveria acontecer somente em novembro de 2018. “Ele disse claramente que não teve participação nessa articulação [...] Ele disse claramente que não pactuava com esse gesto desleal”, comentou Firmino Filho. “Fiquei convencido, é a palavra do governador”.

Na quarta-feira (22) à noite, quando a temperatura e o clima político ainda andavam elevados na capital, o prefeito Firmino Filho recebeu o governador Wellington Dias no Palácio da Cidade. O encontro, segundo o prefeito, tratou da execução de obras de saneamento básico e abastecimento de água na cidade, com a antecipação de metas pela empresa Águas de Teresina, subconcessionária desses serviços. Mas também se falou do episódio "Câmara". Participaram do encontro os secretários estadual de Fazenda, Rafael Fonteles, e municipal de Comunicação, Fernando Said.

“Eu e Wellington nos enfrentamos três vezes e sempre nesses embates tivemos uma postura de respeito em relação um ao outro, de lealdade", resssaltou o prefeito.

A "coletiva" improvisada aconteceu após a solenidade de entrega de cinco novas ambulâncias para o Samu, na sede da Fundação Municipal de Saúde, Firmino Filho se disse surpreso com as declarações do deputado Themístocles Filho (PMDB), com que também conversou nesta semana.

"Estávamos conversando e, quando ele disse isso [que o vereador Zé Nito era independente], percebi que a conversa não tinha honestidade, pois o Zé Nito não é independente de Themístocles Filho. Os dois são almas gêmeas”, afirmou o tucano.

“Estranho o comportamento do deputado Themístocles ele sempre foi um homem bastante ponderado, bastante sensato e aparentemente ficou um pouco alterado com nosso posicionamento. Apenas lamento porque ao longo tempo tivemos uma relação respeitosa com o PMDB infelizmente não tivemos essa resposta da parte deles é exatamente por isso que essa nossa coligação a nível municipal está terminada no momento. É importante que a gente tenha consciência do que está acontecendo para que a gente possa de forma equilibrada e sensata nos posicionar”, acrescentou o prefeito.

Jeová Alencar

O prefeito conversou com o presidente da Câmara Municipal, vereador Jeová Alencar (PSDB), “Tivemos uma conversa positiva, basicamente uma conversa entre dois amigos, dois companheiros, superamos as adversidades e estamos juntos para trabalhar pela cidade. Nós a rigor, estamos requalificando e reforçando a base aliada para que o diálogo seja mais intenso e para que a gente não tenha mais problemas como aconteceu semana passada”

Comentários