Geral

Setrans investe R$ 180 milhões em obras estruturantes no PI

No total, foram pavimentados mais de 200 quilômetros de rodovias em todo o estado, mais a implantação de aproximadamente 130 quilômetros em revestimento primári
Fonte: CCOM | Editor: Da Redação 23/02/2019 17:37
Investimentos em obras estruturantes Investimentos em obras estruturantesFoto: CCOM

O Governo do Piauí, por meio da Secretaria de Estado dos Transportes (Setrans), investiu mais de R$ 180 milhões na pavimentação de rodovias e construção de pontes em diversas regiões do estado, nos últimos quatro anos (2015 a 2018).

No total, foram pavimentados mais de 200 quilômetros de rodovias em todo o estado, mais a implantação de aproximadamente 130 quilômetros em revestimento primário.

Para o secretário Guilhermano Pires, as obras são de fundamental importância para o desenvolvimento do estado. “Nos últimos quatro anos, o Governo do Piauí, por meio da Setrans, vem executando uma série de obras estruturantes de norte a sul do estado, com objetivo de promover a interligação entre trechos estratégicos para o setor dos transportes e, consequentemente, o fomento das atividades agropecuárias e melhoria da qualidade de vida dos piauienses.”, destacou o gestor.

Dentre as obras estruturantes estão a pavimentação da PI 309, trecho do entroncamento da BR 343 até Cocal; BR-235, trecho de Santa Filomena até Gilbués; acesso da PI 211 até o povoado Coroa de São Remígio, em Buriti dos Lopes; Rodoanel de Regeneração, trecho da PI 236 a BR 343; PI 213, trecho da divisa com o Ceará até o povoado Campestre, em Cocal; acesso a BR 407, trecho de Jaicós até o povoado Várzea Queimada; PI-391 (Perimentral Sul), trecho ligando os povoados Cruzeta, Pratinha e Nova Santa Rita, em Uruçuí; prolongamento da Avenida Petrônio Portela, rodovia de acesso a Esperantina; acesso ao Museu do Homem Americano, em São Raimundo Nonato; acesso ao IFPI de Oeiras; PI 468, rodovia de ligação entre Várzea Branca e Anísio de Abreu; construção das pontes de Palmeira do Piauí e Morro do Chapéu; dentre outras obras.

Comentários

Apoio: