Geral

Quarenta profissionais abandonaram o 'Mais Médicos' no Piauí

A desistência dos profissionais prejudicou principalmente os municípios do Norte
Fonte: Redação Piauí Hoje | Editor: Alinny Maria 09/04/2019 08:12
Programa Mais Médicos Programa Mais MédicosFoto: Reprodução

Quarenta profissionais que assumiram as unidades de saúde do Piauí por meio do Programa Mais Médico abandonaram os atendimentos em apenas três meses. No total, 43 municípios do Estado que contam com o programa foram atingidos pelas desistências. Em todo país, mais de mil profissionais abandonaram o Mais Médicos.

Ao todo, o Piauí tem 83 vagas do programa em aberto. As principais cidades afetadas estão no Norte do Estado, são elas Beneditinos, Campo Maior, José de Freitas, Barras e Esperantina.

Segundo informações do coordenador de Vigilância e Atenção à Saúde, Hérlon Guimarães, o Ministério da Saúde ficou de enviar mais profissionais para o Piauí até o final deste mês.

Dos 40 médicos de desistiram, 32 haviam substituídos os médicos cubanos que deixaram o Brasil. As desistências causam grandes prejuízos para a população, que fica sem a assistência à saúde básica.

Comentários

Apoio: