PMs flagrados torturando suspeito em delegacia já estão presos

PMS torturam preso na delegacia de Piripiri PMS torturam preso na delegacia de PiripiriFoto: Montagem

As cenas de um preso, algemado, sem chance de defesa, sendo humilhado, torturado e covardemente agredido com vários “telefones”, tapas na cara e murros nas costas, por dois policiais militares dentro da delegacia em Piripiri, município situado a 168 Km de Teresina, são de extrema covardia e provocam repugnância e indignação em quem assiste o vídeo.

O Comando Geral da Polícia Militar, em nota assinada pela diretora de Comunicação Social da PM-PI, tenenete-coronel Elza Rodrigues Ferreira, informa que os PM foram presos e vai responder a Inquérito Policial Militar.

As imagens são revoltantes e lembram os anos de chumbo da ditadura militar, instalada no Brasil depois do Golpe de 1964, quando vários presos políticos foram torturados e mortos pelo regime, acusados de subversão.

O vídeo mostra um policial militar com a farda camuflada da Força Tática agredindo o preso com vários tapas no rosto. O PM bate com força na cara do preso e depois sorrir para outros policiais que acompanham a tortura.

Um segundo PM faz pior. O policia coloca a cabeça do preso entre as pernas, prende com os joelhos e dá vários tapas de mão aberta nos ouvidos da pessoa torturada, o chamado “telefone”, que costuma deixar sequelas, como problemas auditivos e até surdez total em quem sobre esse tipo de agressão.

Nota da Comunicação da PM-PI

“Nota à Imprensa A Diretoria de Comunicação Social da Polícia Militar do Piauí informa que o comandante geral, ao tomar conhecimento do vídeo, determinou ao comandante do 12º Batalhão da PM em Piripiri, que apresentem os policiais militares na Corregedoria; instauração do Inquérito Policial Militar, bem como decretou a prisão administrativa dos policiais envolvidos no fato. Teresina, 11 de abril de 2019. Elza Rodrigues Ferreira - TC Diretora de Comunicação Social da PMPI”.

A covardia dos PMs foi filmada e compartilhada nas redes sociais
A covardia dos PMs foi filmada e compartilhada nas redes sociais [Foto: Montagem]

Comentários

MEIA PALAVRA

Paulo Pincel

Paulo Barros é formado em Comunicação Social-Jornalismo/UFPI; com Especialização em Marketing e Jornalismo Político/Instituto Camilo Filho

Sobre o Blog

Política e outros temas relevantes, com ética e responsabilidade. Para bom entendedor, MEIA PALAVRA basta!

Apoio: