CORONAVÍRUS

Em 24 horas, aumenta em 30% o número de consultas gripais em Teresina

Nessa terça-feira (02), 1.321 pessoas procuraram atendimento médico com sintomas de gripe


Teste para detectar infecção por coronavírus

Teste para detectar infecção por coronavírus Foto: Divulgação

O número de atendimento médico na rede de saúde de Teresina aumentou consideravelmente nas últimas 24 horas. Na segunda-feira (01/05), 927 pessoas procuraram uma unidade de saúde com sintomas de síndrome gripal. Já na terça-feira (02/05), esse número saltou para 1.321, o que representa um aumento de 30%.

 Um gráfico da Prefeitura de Teresina mostra a evolução do número de atendimentos. Nas últimas 24 horas, houve um aumento de 394 atendimentos. Este aumento pode ter relação com a reabertura do Polo de Saúde na capital. A maioria dos atendimentos foram realizados na rede privada.Dados contidos no painel Covid-19 da FMS

Todos os hospitais de Teresina, tanto na rede pública municipal, estadual, federal e privada, apresentam diariamente informações sobre atendimento de pacientes com síndromes gripal e respiratória aguda grave ao Centro de Operações de Emergência em Saúde, sob a coordenação da Fundação Municipal de Saúde (FMS). 

A medida é obrigatória e tem como objetivo garantir informações atualizadas sobre atendimentos e sobre a disponibilidade de leitos, permitindo uma melhor gestão dos serviços de saúde durante a pandemia do novo coronavírus.

Próxima notícia

Dê sua opinião: