HGV é pré-selecionado para realizar transplantes de figado

Hospital Regional Dirceu Arcoverde de Parnaíba foi capacitado para captação de córneas


Deputado estadual Francisco Limma (PT)

Deputado estadual Francisco Limma (PT) Foto: Caio Bruno/Alepi

O líder do Governo, deputado Francisco Limma (PT), comemorou, hoje (30), as várias conquistas no setor de saúde pública no Piauí ao anunciar que o Hospital Getúlio Vargas foi pré-selecionado pela Coordenação Nacional de Transplantes para a realização de transplantes de fígado.

O Hospital Regional Dirceu Mendes Arcoverde de Parnaíba foi capacitado para captação de córneas para transplantes visando atender às pessoas que precisam recuperar a visão.

O líder governista disse que a ampliação na captação de córneas fará com que o atendimento aos pacientes que precisam de transplante para recuperar a visão seja reduzido de dois anos para seis meses e que a coordenadora de Transplantes do HGV, Marina Fortes Veras, disse que o Hospital Getúlio Vargas se encontra preparado para realizar transplante de fígado.

Francisco Limma declarou que existem problemas que precisam ser solucionados, mas que é preciso reconhecer que ocorreram melhorias na área de saúde. Ele informou que outra conquista será a realização de licitação para a reforma e ampliação do Hospital Senador Cândido Ferraz localizado no município de São Raimundo Nonato, no Sul do Estado.

Em aparte, o deputado Hélio Isaías (Progressistas) parabenizou o governador Wellington Dias e o secretário de Saúde, Florentino Neto, pelas melhorias na saúde do Estado e assinalou que já estão assegurados os recursos para a reforma e ampliação do Hospital de São Raimundo Nonato. Hélio Isaías afirmou que está trabalhando no sentido de que sejam instalados naquele município uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e um serviço de hemodiálise para atendimento aos pacientes renais. Em seu discurso, o deputado Francisco Limma disse que é preciso reconhecer os esforços do governador Wellington Dias para melhorar a saúde piauiense.

Fonte: Alepi

Próxima notícia

Dê sua opinião: