Flávio Nogueira é eleito vice-presidente de Frente Parlamentar

O deputado federal foi eleito vice-presidente da região Nordeste da Frente Parlamentar de apoio às Santas Casas, Hospitais e Entidades Filantrópicas.


Flávio Nogueira é eleito vice-presidente de Frente Parlamentar

Flávio Nogueira é eleito vice-presidente de Frente Parlamentar Foto: Divulgação

O presidente estadual do PDT, deputado federal Flávio Nogueira, foi eleito nessa quarta-feira (6), vice-presidente da região Nordeste da Frente Parlamentar de apoio às Santas Casas, Hospitais e Entidades Filantrópicas. Por 20 anos, o parlamentar foi diretor clínico do Hospital São Marcos, onde ajudou a instituição a se tornar referência regional no diagnóstico e tratamento do câncer.

De acordo com Nogueira, esta é uma das causas que sempre defendeu e conhece bem as dificuldades dos hospitais para manter os serviços, principalmente no que concerne o tratamento do câncer, na parte de quimioterapia. “Os medicamentos são caríssimos e o SUS mantém um percentual alto das internações hospitalares para o tratamento do câncer. Muitas dessas instituições estão atendendo acima do limite por causa da alta demanda e sofrem com problemas financeiros”, pontua.

Atualmente a dívida que acomete estas entidades está estimada em R$ 21 bilhões. Nogueira destacou que juntamente com os demais deputados federais e senadores da Frente irão buscar alternativas para sanar esta dívida. “Essa Frente é formada por deputados federais e senadores e juntos vamos buscar alternativas para sanar essa dívida. Não podemos permitir que esses hospitais fechem as portas no Brasil”, declarou.

Flávio Nogueira é eleito vice-presidente de Frente Parlamentar

Os Hospitais São Marcos, em Teresina e Santa Casa e Maternidade Marques Bastos em Parnaíba, no Estado do Piauí, serão defendidos por Nogueira junto à Frente Parlamentar de apoio às Santas Casas.

Entre os principais objetivos da Frente estão a promoção e o aperfeiçoamento de legislações referentes ao setor, e o desenvolvimento técnico e científico da assistência médico-hospitalar coberta pelo SUS e pela Saúde Suplementar.

Fonte: Ascom

Próxima notícia

Dê sua opinião: