Política

Câmara deve derrubar veto de Dr. Pessoa ao aumento aos professores nesta 4ª

A informação foi repassada pelo líder do prefeito na Câmara, Antônio José Lira

Da Redação

Terça - 02/04/2024 às 18:48



Foto: Divulgação Fachada da Câmara Municipal de Teresina
Fachada da Câmara Municipal de Teresina

Os vereadores de Teresina devem derrubar, na sessão desta quarta-feira (03), o veto do prefeito Dr. Pessoa ao projeto que concede reajuste de 20,8% aos professores do município. A categoria está em greve há um mês e nesta terça-feira (02) houve confronto entre manifestantes e seguranças do prefeito durante evento em escola da zonaSul.

O Palácio encaminhou o texto vetado e, para a derrubada, são necessários 15 votos em plenário. De acordo com o líder do prefeito, vereador Anônio José Lira, a gestão não tem condições financeiras de conceder o reajuste e, se for derrubado, "será o fim".

"Se eles derrubarem o veto será o fim porque a prefeitura não pode pagar 20%. Pra derrubar o veto precisa de 15 votos deles no plenário. Expectativa é manter o veto até na madrugada. E eu estou em campo", disse.

A proposta original estabelecia 5,3% de reajuste. Porém, os parlamentares apresentaram uma emenda única inflando o percentual. "Não tinha necessidade e nunca houve de se apresentar emenda. Aí vieram os vereadores querendo fazer média com os professores, pegaram a reivindicação da classe e, no lugar de cobrar em paralelo com o governo federal e estadual, colocou reajuste de 20,8%. A atuação dos vereadores foi inconstitucional", afirmou.

Siga nas redes sociais

Compartilhe essa notícia: