ALIANÇA

VÍDEO: Bolsonaro escancara apoio a Sílvio Mendes e Joel e mostra o time dele no Piauí

Em vídeo que circula na Internet Bolsonaro diz quem são seus candidatos nos estados; no Piauí ele aposta em Sílvio Mendes e Joel Rodrigues


Bolsonaro mostra cartaz de Silvio Mendes em live

Bolsonaro mostra cartaz de Silvio Mendes em live Foto: Reprodução

O presidente resolveu marcar território político e apontar quem são seus candidatos nos estados. No Piauí, deixou claro que seu candidato  a governador é o ex-prefeito de Teresina, médico Sílvio Mendes, e seu candidato a senador é o ex-prefeito de Floriano, Joel Rodrigues, do PP.

O apoio de Bolsonaro a Silvio e Joel foi confirmado em vídeo que começou a circular nas redes sociais na noite desta quinta-feira (15). Nele, Jair Bolsonaro (PL) fala dos candidatos a governadores e senadores do estados.

No vídeo, Bolsonaro exibe cartazes com os nomes de Silvio Mendes e Joel Rodrigues e deseja boa sorte a eles. “No Piauí, nós temos como candidato para governo do estado Silvio Mendes. Boa sorte, Silvio Mendes! Temos também no Piauí para o Senado, Joel, 111, boa sorte aí”, disse Bolsonaro.

A afirmação do presidente desmoraliza tudo o que Silvio Mendes fez até agora na campanha para negar que é o candidato de Bolsonaro, porque sabe que a preferência dos piauienses é pelo ex-presidente Lula, do PT, que aparece com cerca de 70% preferência do eleitorado do estado.

Silvio sabe perfeitamente que Bolsonaro será massacrado eleitoralmente no Piauí. Por isso, para tentar enganar o eleitor e não perder votos quer distância do presidente, mesmo sendo o candidato apoiado por ele.

O vídeo do presidente é só mais uma prova de que Silvio Mendes, Ciro Nogueira, Iracema Portela e Joel Rodrigues são os grandes representantes de Bolsonaro no Piauí.

Em desespero, Bolsonaro cria e impulsiona site com ataques a Lula

Rafael e Wellington destacam importância de contato com a população durante caminhada

Brizola Neto conclama brizolistas a votarem em Lula para derrotar Jair Bolsonaro

Veja o vídeo:

Fonte: Redes sociais

Próxima notícia

Dê sua opinião: