CORRUPÇÃO

Polícia Federal faz buscas na sede do PSC e em endereços do advogado Valter Alencar

O advogado e pré-candidato a prefeito de Teresina diz está tranquilo com as investigações


Valter Alencar, presidente do PSC no Piauí

Valter Alencar, presidente do PSC no Piauí Foto: Arquivo pessoal

Na manhã desta sexta-feira (28/08), a Polícia Federal realizou apreensões na sede PSC do Piauí, no bairro Ilhotas, e no portal Clube Sat, na Avenida Frei Serafim em Teresina. Os dois endereços são ligados ao advogado e pré-candidato a prefeito de Teresina pelo PSC, Valter Alencar Valter.  As buscas fazem parte da operação Tris In Idem que tem o objetivo de desarticular organização criminosa voltada ao desvio de recursos públicos, especialmente em contratos firmados para gestão de saúde e para o combate à pandemia da COVID-19. 

O governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel, que é do mesmo partido político de Valter Alencar, foi afastado do cargo nesta sexta-feira. Em nota, o advogado disse que está tranquilo e colaborando com o trabalho da polícia, enfatizando que não é sócio do portal Clube Sat, mas que já prestou serviço de assessoria ao governador do Rio de Janeiro.

Aproximadamente 380 agentes da PF cumprem mandados judiciais no Piauí, Rio de Janeiro, Alagoas, Espírito Santo, Sergipe, Minas Gerais, São Paulo e Distrito Federal. São seis mandados de prisão preventiva, dez mandados de prisão temporária, e 82 mandados de busca e apreensão. Também existem ações de cooperação policial internacional com medidas sendo cumpridas no Uruguai.

Veja a nota de Valter Alencar:

Valter Ferreira de Alencar Pires Rebelo, presidente estadual do Partido Social Cristão (PSC-PI), vem informar através de nota que foi realizada uma operação padrão de busca e apreensão da Polícia Federal na sede do partido PSC, no Piauí. Assim como no Portal de notícias Clube Sat, apesar de não existir qualquer tipo de ligação societária com esse noticiante. Tal operação trata-se de uma ramificação das investigações que estão ocorrendo no Governo do Rio de Janeiro, que é do mesmo partido político. Cabe ressaltar que ocupei um cargo de assessoria no governo de Witzel, no qual estou há mais de um ano afastado, por decisão minha, e por esse motivo a Polícia Federal está cumprindo protocolos no estado do Piauí. Estou tranquilo e colaborando com o trabalho da polícia, que visa combater a corrupção no Brasil, em um momento tão complicado de pandemia. Confio na Justiça e no meu direito de defesa.

Quem é 

Valter Alencar Rebelo é advogado e um dos herdeiros professor Valter Alencar, o homem que trouxe a televisão para o Piauí: A TV Clube, hoje afiliada da TV Globo. Por muitos anos a família dele teve o comandou total da empresa, realidade só alterada há poucos anos.

O advogado Valter Rebelo já foi juíz substituto na Justiça Eleitoral no Piauí. Também é um dos donos do portal Clube Sat, localizado na Avenida Frei Serafim. 

Em 2018, Valter Alencar Rebelo foi candidato a governador pelo PSC e nos programas eleitorais na TV acusava adversários, principalmente o governador Wellington Dias, de práticas ilícitas. O resultado da campanha dele nas urnas foi um verdadeiro fiasco. Teve apenas 11.015 votos, ou 0,63% do total dos votos.

Mesmo com esse desastre eleitoral, Valter Alencar Rebelo não desistiu de obter cargo público. Ele se mandou para Brasília em busca de cargo no Governo de Jair Bolsonaro,  para quem pediu votos no segundo turno das eleições em 2018.

Mas a empreitada de Valter Alencar em Brasília não teve muito sucesso. Mas ele não desistiu e acabou, em nome do partido (PSC), ganhando um cargo no Governo de Wilson Witzel, no Rio de Janeiro.

Witzel foi afastado do cargo governador do Rio de Janeiro nesta quinta-feira (28), pelo Superior Tribunal de Justiça,  acusado de corrupção e desvio de recursos destinados ao combate à pandemia do novo coronavírus.

Foram essas acusações de desvios de recursos no Governo do Rio de Janeiro que acabaram levando a Polícia Federal à fazer buscas em endereços de Valter Alencar Rebelo no Piauí. 

O advogado piauiense, neto de Walter Alencar, se diz pré-candidato a prefeito de Teresina pelo PSC. Pelo jeito, começou a campanha mais cedo e de forma inusitada: com a visita da Polícia Federal.

Próxima notícia

Dê sua opinião: