Evento

Território dos Carnaubais é beneficiado com ações do projeto Teia de Direitos

Projeto Teia de Direitos realiza ação de sensibilização de profissionais para que possam participar da capacitação de integração da rede de atendimento à mulher em situação de violência.


Evento

Evento Foto: Divulgação

A coordenadoria Estadual de Políticas para as Mulheres (CEPM) realizará o Projeto Teia de Direitos, no Território Carnaubais, contemplando os municípios de  Campo Maior, Cabeceira, Boa Hora,  Boqueirão, Cocal de Telha, Capitão de Campos, Nossa Senhora de Nazaré, Jatobá e Sigefredo Pacheco.

O objetivo de sensibilização é integrar o Território dos Carnaubais à rede de atendimento à mulher em situação de violência para tornar mais rápido o atendimento e evitar que a mulher seja revitimizada ao fazer as denúncias e possa ser acolhida.

O projeto Teia de Direitos,  na primeira fase, visa dialogar com a rede do município para que os profissionais das diveras áreas possam pensar ações de integração para a prevenção da violência, acompanhamento e inserção da mulher no trabalho.

A coordenadora das Mulheres, Zenaide Lustosa, pontua que o projeto Teia de Direitos acontece em conjunto com as ações do Ônibus Lilás . “Estamos chegando no  território dos Carnaubais com as duas ações para que possamos ampliar ainda mais o nosso trabalho. Levamos o Ônibus Lilás com os serviços de atendimento jurídico e psicossocial e serviços do município e realizamos a reunião do projeto Teia de Direitos com esses profissionais e pessoa que contribuem e compõem a rede de atendimento às mulheres. Nossa meta é capacitar quem trabalha com a vítima de violência para que esta sinta-se acolhida pelo estado por meio das políticas públicas e possa conseguir retomar a sua vida de forma empoderada, após a violência, e seus agressores serem punidos pela Lei”, destacou a coordenadora.

Para participar da capacitação do Projeto Teia no Território Serra da Capivara é preciso entrar em contato com a prefeitura dos municípios beneficiados ou encaminhar uma solicitação para o e-mail da Coordenadoria das Mulheres: cepm.mulheres@cepm.pi.gov.br, com nome completo, município, contato e órgão que representa.

Veja também:

Criminosos invadem salão paroquial e assaltam fiéis em Amarante

Águas de Timon segue com obras de esgoto por diversos pontos da cidade

Inmet emite alerta de chuva forte e ventos de até 100 km/h para o Piauí

Próxima notícia

Dê sua opinião: