COVID-19

Ouvidora-geral da OAB-PI é hospitalizada em Teresina com suspeita de coronavírus

Élida participou de um congresso nacional em Fortaleza (CE), onde outra participante testou positivo para a doença


Élida Fabrícia

Élida Fabrícia Foto: Arquivo pessoal

A Ouvidora-Geral da Ordem dos Advogados do Brasil- seccional Piauí (OAB-PI), Élida Fabrícia Franklin está com suspeita de ter contraído o novo coronavírus em uma conferência nacional que ocorreu em Fortaleza (CE), entre os dias 5 e 6 de março. Uma  conselheira que participou do  encontro testou positivo para a doença. A advogada está internada em um hospital particular de Teresina e aguarda o resultado dos exames.

Élida Fabrícia está em um leito de isolamento do hospital após apresentar os sintomas da doença, como tosse, dor de garganta, febre e falta de ar. No domingo (15), a advogada resolveu ficar em isolamento domiciliar e nessa segunda-feira (16) procurou atendimento médico, sendo indicada a internação. 

A advogada fez exames e o resultado que vai indicar se ela tem ou não a COVID-19 só ficará pronto em sete dias. Élida não pode receber visitas e todas as medidas de precaução foram tomadas. Na semana passada Élida participou de eventos em Picos, Floriano, Bom Jesus e São Raimundo Nonato.

Próxima notícia

Dê sua opinião: