Car Mais
CAR MAIS

Estrela versátil

Confira as novidades do mundo automobilistico


Mercedes-Benz GLB no Brasil

Mercedes-Benz GLB no Brasil Foto: Divulgação

A Mercedes-Benz inicia a pré-venda do GLB no Brasil, estreando uma nova categoria de produto no país. Disponível na versão Launch Edition, com motorização 200 de 163 cavalos, o lançamento traz mais versatilidade ao oferecer uma terceira fila de dois bancos individuais, além de conectividade e tecnologia.

 Indicado para toda a família e para os momentos de lazer e liberdade, o SUV mais versátil da marca da estrela de três pontas oferece a solução ideal para cada situação do cotidiano. 

O novo produto conta com motor de quatro cilindros - adota a tecnologia de desativação de dois cilindros dependendo da necessidade para contribuir na economia de combustível -, o sistema multimídia intuitivo MBUX e os mais recentes sistemas de assistência à condução. 

O Mercedes-Benz GLB 200 Launch Edition já está disponível para pré-venda na rede de concessionárias da marca no Brasil pelo preço sugerido de R$ 299.900, com chegada prevista para este mês.

desembarque do novo Nissan Versa mexicano no Rio de Janeiro

Desembarque inicial                                                                       

As primeiras unidades da segunda geração do Versa já estão em solo brasileiro. O navio desembarcou os veículos no porto do Rio de Janeiro, de onde seguiram para os pátios do Complexo Industrial da Nissan, em Resende (RJ). As vendas do sedã completamente novo e com diversos recursos tecnológicos se iniciam em breve.

 Para conviver com a versão importada do México, o Versa nacional, fabricado em Resende, passa a se chamar de V-Drive. A segunda geração do Versa foi revelada mundialmente em abril deste ano no Festival de Música de Tortuga, nos Estados Unidos.

 Produzida na fábrica de Aguascalientes, a segunda geração tem design totalmente novo seguindo o conceito batizado de “Geometria Emocional” e conta com inéditos equipamentos de conforto e segurança.

Jeep Renegade Moab no Deserto Moab

Em  casa                                                                       

O Deserto de Moab, localizado no Estado norte-americano de Utah, é conhecido por ser árido, áspero e por ter paisagens únicas. Para percorrer um local com essas condições climáticas, é necessário ser forte, ágil e rápido, assim como o mais selvagem dos Renegade. É isso que mostra a nova campanha da Jeep, explorando o clima desértico com o novo Renegade Moab, desenvolvido e produzido em Goiana (PE). 

O nome da nova versão do SUV faz referência ao Deserto de Moab, onde acontece anualmente na época da Páscoa um evento criado por entusiastas de veículos off-road e que se tornou para a Jeep um autêntico laboratório ao ar livre para o desempenho fora-de-estrada. 

A nova versão traz o melhor motor turbo da categoria, o 2.0 a diesel de 170 cavalos e 35,7 kgfm de torque, associado à transmissão automática de 9 marchas e à tração 4x4 com reduzida, ao preço de R$ 139.690. A versão Moab está disponível em cinco cores: Verde Recon, Branco Ambiente, Prata Billet, Cinza Antique e Preto Carbon.

 Volkswagen T-Coss número 100 mil produzido em São José dos Pinhais/PR

Marca dos cem mil                                                                       

Líder do mercado brasileiro em julho – o primeiro SUV a atingir tal feito –, o T-Cross teve celebrada a construção de sua unidade de número 100 mil. O utilitário esportivo, o primeiro feito pela Volkswagen no Brasil, mantém a ponta do ranking entre os mais vendidos do segmento. Desde seu lançamento, em 2019, o T-Cross vem fazendo história. 

Na fábrica, Leandro Lemos de Oliveira, o plant manager, ressalta a inovação e os investimentos na ordem de R$ 1,4 bilhão feitos na época para produzir o T-Cross em São José dos Pinhais (PR). 

O T-Cross é mais um modelo desenvolvido sobre a Estratégia Modular MQB. Versátil, ela enquadra o veículo no mais moderno processo produtivo à disposição atualmente no Grupo Volkswagen. Graças à MQB, por exemplo, o T-Cross recebe agora a central de infoentretenimento VW Play, que estreou no Nivus.

Ford Mustang Mach 1

Mach 1 no chão                                                                       

A Ford venderá o Mustang Mach 1, edição limitada de alto desempenho do esportivo, pela primeira vez na Europa. O anúncio foi feito na abertura da Goodwood SpeedWeek, um dos eventos automobilísticos mais badalados do mundo, em West Sussex, na Inglaterra. 

A Ford também exibe no festival o Mustang Mach-E 1400, protótipo elétrico com mais de 1.400 cavalos, que estreia em Goodwood conduzido pelo piloto Vaughn Gittin Jr., o novo Puma ST, primeiro SUV da grife Ford Performance no Velho Continente, e o GT. 

O motor 5.0 V8 com calibração e refrigeração especiais, com 460 cavalos, e a aerodinâmica aprimorada para as pistas dão ao novo Mustang Mach 1 um desempenho digno da tradição desse ícone. Ele é o primeiro Mustang de produção na Europa a ter a opção de transmissão manual Tremec de alto desempenho, além da automática de 10 velocidades.

 Criado em 1969, o Mach 1 elevou o nível de desempenho do Mustang GT com uma série de melhorias, incluindo motores V8 mais potentes, suspensão de competição e estilo personalizado.

Porsche Taycan

Na roleta da Covid-19                                                                       

Em 2020, a Porsche atingiu um recorde de veículos entregues no Brasil em um mesmo ano, com o emplacamento de 2.130 unidades. Esse número representa um aumento de 60% em relação ao período janeiro a setembro de 2019, com a fabricante alemã superando pela primeira vez no mercado brasileiro a marca de dois mil veículos no mesmo intervalo de tempo. 

A alta foi puxada pelo desempenho no balcão de vendas do 911, com seiscentas e oitenta e cinco unidades, pelo Cayenne, com quinhentas e cinquenta e quatro, e pelo Macan, completando o pódio com quatrocentas e quarenta e seis emplacamentos no Brasil em 2020. 

A partir deste segundo semestre, a Porsche passou a contar em sua gama no país com o 100% elétrico Taycan. No mundo, a Porsche entregou 191.547 veículos nos três primeiros trimestres de 2020. Em comparação com o mesmo período do ano passado, isso significa uma redução de 5%.

 “Estamos demonstrando resiliência ante a crise do coronavírus. Graças a um renovado portfólio de produtos, conseguimos manter a queda nas entregas em um nível moderado. O mercado chinês recuperou-se rapidamente após o baque, e a demanda em outros mercados também está mostrando novamente um crescimento significativo. Tudo isso contribuiu para alcançarmos esses resultados”, comemora Detlev von Platen, membro do Conselho Executivo da Porsche AG responsável por Vendas e Marketing.

repintura automotiva

Não ao retrabalho                                                                         

O desperdício é um inimigo de vários setores da indústria, especialmente no cenário atual de pandemia. Nesse período, o consumo exagerado de produtos, o tempo para desenvolvê-los e o próprio retrabalho gerado pela má execução impactam diretamente na produtividade de oficinas de funilaria e pintura. Ricardo Vettorazzi, gerente-técnico da divisão de repintura da PPG, destaca cinco dicas para que as oficinas possam melhorar a eficiência dos processos.

- Organização é essencial – o local de trabalho deve estar sempre limpo e organizado. Para isso, é necessário padronizar os espaços de acordo com o processo executado em cada ambiente e ter disponível todo o ferramental e acessórios necessários para fazê-lo.


- Seguir o sistema de pintura-padrão indicado – é muito importante que o sistema adotado pela empresa esteja dentro dos padrões e especificações técnicas sugeridos, pois misturas de produtos de marcas diversas podem comprometer a qualidade final da repintura.

- Manter a equipe treinada – é imprescindível que a equipe técnica responsável pelo processo seja treinada para utilizar as ferramentas de forma correta.

- Atenção para a manutenção – a conservação dos filtros, com trocas regulares dentro do recomendado pelo fabricante, garante o tempo de secagem adequado dos produtos e a dispersão de névoa.

 - Alta tecnologia – é muito importante que a oficina escolha

Fonte: Automotrix

Próxima notícia

Dê sua opinião: