Polícia

Vítima de tiros na Banda Bandida conta detalhes em vídeo

Wanderson Lima Fonseca, cabo do 2º BEC, é considerado foragido
Fonte: Alinny Maria 16/01/2018 12:45
Paulo Roberto Paulo RobertoFoto: Reprodução/Vídeo

O folião Paulo Roberto Rodrigues, 35 anos, baleado durante a prévia carnavalesca Banda Bandida na noite de sábado (13), no Centro de Teresina, divulgou um vídeo contando detalhes sobre o acontecimento.

Paulo Roberto conta que antes do tiroteio teve um desentendimento com o suspeito, um cabo do Exército Brasileiro. “Esse cidadão, que nem posso chamar de cidadão, já chegou na festa bagunçando e ficou olhando para a minha esposa. Eu perguntei se ela conhecia ele, e ela disse que não, mas ficaram me encarando. Um minuto depois ele veio até mim para caçar conversa e me ameaçou, dei um murro nele. Na hora que me afastei escurei só os disparos”, diz Paulo Roberto.

A vítima diz ainda que foi atingido com um tiro na perna e caiu no chão. Após o primeiro tiro, o soldado deu a arma para outro homem e recebeu mais tiros, além sofrer pisoes na cabeça. Paulo Roberto está internado no Hospital de Urgência de Teresina (HUT), onde passou por duas cirurgias e perdeu parte do intestino.

Os dois suspeitos de efetuarem os disparos foram apontados como Wanderson Lima Fonseca, cabo do 2º Batalhão de Engenharia de Construção (2º BEC), e seu amigo Francisco Felipe Marques, preso em flagrante.

Comentários