Geral

Soldado é denunciado por dirigir embriagado e causar acidente

O acidente resultou na morte de um soldado de 18 anos na PI-113, em Barras
Fonte: Redação Piauí Hoje | Editor: Alinny Maria 11/07/2018 10:34
Caminhão do Exercito tomba na PI 113 Caminhão do Exercito tomba na PI 113Foto: Reprodução/Whatsapp

O Ministério Público Militar denunciou o soldado do Exército Denilson Sousa Cunha por dirigir embriagado o comboio do Exército que tombou em julho do ano passado na PI-113, no município de Barras, a 116 km de Teresina, e provocou a morte do soldado do 2° Batalhão do Engenharia e Construção (BEC), Pedro Henrique de Morais Carvalho, de 18 anos.

O acidente ocorreu no dia 9 de julho quando os soldados retornavam de uma obra na ponte que liga cidades de Batalha e Esperantina e, no caminho à Teresina, o comboio que era conduzido pelo soldado Denilson capotou.

Denilson Sousa Cunha foi indiciado pelo artigo 279 do Código Penal Militar, que se refere a “dirigir veículo motorizado, sob administração militar na via pública, encontrando-se em estado de embriaguez, por bebida alcoólica, ou qualquer outro inebriante”. Ele respondeu a inquérito militar conduzido pelo 2º BEC e a denúncia foi encaminhada para a Justiça Militar no dia 6 de junho.

Agora a Justiça Militar vai decidir se Denilson será considerado réu no processo que já corre há cerca de um ano.

Soldado Pedro Henrique morreu no acidente Soldado Pedro Henrique morreu no acidente

Comentários