Cidade

SDU monitora pontos críticos da zona Leste após chuvas intensas

Ações envolve limpeza de galerias, poda de árvores e recuperação de vias danificadas
Fonte: PMT | Editor: Redação 02/03/2018 09:33
Av. João XXIII Av. João XXIIIFoto: Reprodução

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste vem intensificando o monitoramento de pontos da região para evitar problemas no período chuvoso, principalmente no tocante a recuperação de vias que foram danificadas por conta de erosões. São 73 galerias e bueiros que recebem os serviços de limpeza. Há também a preocupação com árvores mortas, que durante as chuvas podem cair e provocar acidentes.

As galerias e bocas de lobo, que funcionam como facilitadores da passagem da água, estão passando por limpeza para evitar entupimento e, em consequência, alagamentos. "De forma programada, é realizada a remoção desses resíduos, que acumulam, em média, cinco mil toneladas”, afirmou Renato Lopes, gerente de serviços urbanos da SDU.

“Diariamente, estamos relacionando os pontos críticos onde ocorreram erosões em vias para agirmos. Para isso, estamos contamos também com o apoio das zonais, que são empresas terceirizadas que prestam serviços à prefeitura. Nosso objetivo é diminuir os transtornos causados nessa época tão delicada do ano”, disse Angelo Cavalcante, superintendente executivo da SDU.

Já as árvores mortas estão sendo monitoradas e deverão ser retiradas. A equipe tem feito o levantamento e, de forma programada, a SDU solicita a autorização da Secretaria de Meio Ambiente para execução de corte definitivo dessas árvores. “Estamos seguindo o parecer técnico do órgão responsável como procedimento”, disse Renato Lopes.

Monitoramento

Além disso, equipes da Gerência de Obras, em parceria com a Gerência de Limpeza, fazem um monitoramento eficiente, percorrendo pontos da cidade e tomando todas as providências necessárias. “Quando a chuva acaba, geralmente uma equipe da limpeza ou um técnico da Gerência de Obras percorre os pontos que tiveram alagamentos inconstantes ou, por exemplo, uma árvore que caiu e prejudica o trânsito no local”, contou Cavalcante.

Segundo ele, a colaboração da população é fundamental. “Solicitamos também o apoio da população, no sentido de fazer o acondicionamento do lixo da maneira correta e evitar despejar materiais em praças e no meio de ruas e avenidas”, explicou.

Para ajudar no trabalho da SDU, com reclamações, sugestões e informações, a população pode usar os números (86) 3215-7875 e 3215-7874. O horário de funcionamento do órgão é de 7h30 às 13h30, de segunda à sexta.


Comentários